Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ford Mustang Mach 1 tem V8 poderoso e já está até R$ 100.000 mais caro

O esportivo agora tem 483 cv e quem não quiser esperar pelo segundo lote terá que pagar até R$ 100.000 de ágio

Por Guilherme Fontana Atualizado em 13 set 2021, 16h51 - Publicado em 4 jul 2021, 10h34
ford-mustang-mach-1-brasil
Divulgação/Ford

O novo Mustang Mach 1 chegou ao mercado brasileiro em abril, mas muitos endinheirados que desejaram ter o modelo na garagem ficaram só na vontade. Isso porque o primeiro lote, de 80 unidades, se esgotou em apenas 24 horas de acordo com a Ford. Porém, se você ainda tem interesse, temos algumas boas e más notícias.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Um novo lote do esportivo já está a caminho no Brasil e deverá chegar entre setembro e outubro, mas a má notícia é que o modelo ficou mais caro e agora tem preço sugerido de R$ 523.950 – quase R$ 25.000 a mais.

ford-mustang-mach-1-brasil (9)
Divulgação/Ford

Porém, quem não quiser esperar pela segunda leva, alguns concessionários oferecem unidades que, possivelmente, foram compradas por eles e agora foram colocadas à venda. Só que para isso, os compradores precisarão pagar ainda mais caro, já que em grande parte das lojas há cobrança de ágio. Em alguns casos, os preços ficam próximos (ou até acima) dos R$ 600.000.

O Mach 1 vem ao Brasil substituindo o Black Shadow. Em relação ao modelo anterior, o novo tem motor mais potente, conectividade aprimorada, visual diferenciado e diversos elementos mecânicos e aerodinâmicos herdados de outras configurações icônicas do Mustang, como Bullitt, GT350 e GT500.

Aparência clássica

ford-mustang-mach-1-brasil (9)
Divulgação/Ford

A configuração quer mostrar suas raízes clássicas. Na dianteira, o capô ganha uma faixa preta central com um filete na borda, que pode ser branco, laranja ou vermelho, de acordo com a cor da carroceria. O para-choque é novo, com aberturas maiores, e a grade redesenhada adota elementos circulares que fazem referência aos faróis auxiliares do primeiro Mach 1, de 1969. Os faróis full LED não mudam.

De lado, as rodas de 19 polegadas têm desenho mais aberto, calçadas com pneus 225/40 na dianteira e 275/40 na traseira, e o nome Mach 1 no para-lama identifica a versão. A parte inferior das laterais ganham faixas na mesma combinação do capô.

ford-mustang-mach-1-brasil (9)
Divulgação/Ford

A traseira tem como principal mudança o aerofólio, que ficou mais discreto. O novo difusor central, com formas triangulares, e as saídas de escapamento vieram do GT500.

Por dentro, o esportivo tem bancos revestidos de couro com uma faixa repetindo a combinação externa, e mantém o bom acabamento em portas e painel. O antigo acabamento que parecia fibra de carbono deu lugar a um material com aspecto de aço escovado.

Equipado e conectado

Ford Mustang Mach 1
Divulgação/Ford

Os itens de série do modelo incluem central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, sistema de som Bang&Olufsen com 1.000 W de potência, piloto automático adaptativo, frenagem automática de emergência, alerta de fadiga, assistente de permanência em faixa, monitoramento de pressão dos pneus, seletor de modos de condução e 8 airbags.

Continua após a publicidade
ford-mustang-mach-1-brasil
Divulgação/Ford

Há também o FordPass Connect, que permite conectar o veículo a um smartphone via aplicativo. No app, é possível checar informações do carro, como monitoramento da pressão dos pneus e a localização do veículo, além da possibilidade de travar e destravar as portas, ligar o motor e acionar o ar-condicionado.

Reforços escalados

mustang mach 1

O Mustang Mach 1 vai muito além das mudanças estéticas e escala reforços para ficar ainda mais poderoso. Debaixo do capô, o motor Coyote V8 5.0 passa a ter 483 cv e 56,7 kgfm, ou seja, é 17 cv mais potente em relação ao Black Shadow.

Com tração traseira, o câmbio automático de 10 marchas promete mudanças mais rápidas pela adoção de um novo conversor de torque.

Além disso, ele tem elementos vindos de versões histórias. A barra antitorção e o sistema de indução de ar “open air box” são do Bullitt; o coletor de admissão, o corpo de borboletas maior, o sistema de arrefecimento do motor e o radiador da transmissão vêm do Shelby GT350, enquanto o escapamento, o difusor traseiro, o conjunto de braços e buchas da suspensão traseira e o sistema de arrefecimento do diferencial traseiro são do Shelby GT500.

ford-mustang-mach-1-brasil
Divulgação/Ford

Assim, o Mustang reforça sua pegada emocional e sua vocação para as pistas – mesmo sendo perfeitamente usável no dia-a-dia. No modo Normal, por exemplo, ele mantém a direção leve, as trocas de marcha são feitas rapidamente e a suspensão chega a ser macia para um esportivo.

Nos modos mais esportivos, porém, os pedais ficam mais sensíveis, a direção ganha peso e a suspensão enrijece, tudo para grudar o carro no asfalto. As acelerações são brutais e o câmbio estica as marchas para aproveitar o máximo da potência, entregue aos 7.250 rpm, e do torque, a 4.900 rpm. De acordo com a Ford, o Mach 1 vai de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos.

ford-mustang-mach-1-brasil (9)
Divulgação/Ford

Mas, se você não é experiente, é bom não desligar o ESP. Com ele desligado são grandes as chances do carro sair de traseira até rodar.

O belo som emitido pelas quatro saídas de escape deixam a direção ainda mais visceral, mas isso pode variar de acordo com os quatro níveis sonoros: normal, esportivo, pista e silencioso. O último é feito para não acordar os vizinhos pela manhã com o estampido da primeira partida do dia.

Ficha Técnica – Ford Mustang Mach 1

  • Preço: R$ 523.950
  • Motor: gasolina, dianteiro, longitudinal, 8 cilindros em V, 32 válvulas, 5.000 cm3, injeção direta e indireta; 483 cv a 7.000 rpm, 56,7 kgfm a 4.600 rpm
  • Câmbio: automático, 10 marchas, tração traseira
  • Suspensão: McPherson (diant.), multilink (tras.)
  • Freios: discos ventilados (diant. e tras.)
  • Direção: elétrica
  • Rodas e pneus: alumínio aro 19″ com pneus 255/40 R19 na dianteira e 275/40 R19 na traseira
  • Dimensões: comprimento, 478,9 cm; largura, 191,6 cm; altura, 138,2 cm; entre-eixos, 272 cm; peso, 1.783 kg; porta-malas, 382 l; tanque, 60,5 l

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa de QUATRO RODAS 746

 

Continua após a publicidade
Publicidade