Clique e assine por apenas 8,90/mês

Ford confirma o fim do Focus no Brasil

Produção na Argentina será encerrada em 2019 e Ford diz que não terá substituto

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 1 out 2018, 15h30 - Publicado em 1 out 2018, 14h51
Novo Focus 2016 Divulgação/Ford

O fim do Ford Focus para as Américas se aproxima.

Depois de anunciar que deixará de vender seu carro médio nos Estados Unidos no ano que vem, a Ford revelou que tanto o Focus hatch como o Focus Fastback (sedan) deixarão de ser produzidos na fábrica de General Pacheco em maio de 2019.

A partir desta data, a unidade, que foi responsável pela produção de  produziu Falcon, Sierra e Escort, produzirá apenas a picape média Ranger. A linha de produção do Focus será desativada.

Novo Focus 2016 – Titanium_13 Divulgação/Ford

A Ford diz que não há planos para produzir um outro modelo na mesma linha. Em outras palavras, a nova geração do Ford Focus ficará restrita ao mercado mercado Europeu, onde figura entre os modelos mais vendidos.

Não é o que acontece por aqui. Em agosto, o Focus Hatch teve 310 unidades emplacadas e o sedã, mais 421 unidades (12 vezes menos que o Toyota Corolla). Na Argentina, as duas carrocerias somaram 846 unidades no mesmo período.

Divulgação/Ford

Se por um lado foi o 20° mais vendido no país vizinho, por outro as vendas dos dois mercados não são suficientes para justificar a produção local da nova geração.

Também não valeria à pena. O Focus nunca se destacou entre os sedãs médios, segmento dominado por Corolla, Civic e Cruze.

O fato do Focus ser o segundo hatch médio mais vendido no Brasil não diz muito. O segmento está quase morto. O mais vendido em agosto foi o Cruze, com 492 unidades, seguido pelos 310 Focus, 166 VW Golf e 46 Peugeot 308.

Com o fim do Focus, a Ford terá apenas o EcoSport na faixa de preço entre o Fiesta (que também não está vendendo muito bem) e o Fusion, que também está com os dias contados nos Estados Unidos. Por lá, a propósito, a intenção da Ford é vender apenas SUVs e utilitários.

Continua após a publicidade
Publicidade