Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Fim da Troller: Ford se nega a vender marca e design do T4

Montadora mudou os planos e encerrou as negociações que ocorriam desde janeiro. Estado do Ceará não medirá esforços para a marca recorrer da decisão

Por João Vitor Ferreira Atualizado em 11 ago 2021, 20h01 - Publicado em 11 ago 2021, 20h00
Troller Plant Reinauguration
Setembro de 2021 marcará a produção do último Troller Divulgação/Ford

Enquanto o Troller T4 teve o fim de sua produção anunciada para setembro e a paralização total da fábrica de Horizonte (CE) está marcado para novembro, ainda havia alguma esperança pela compra da Troller e pela continuidade da marca nas mãos de um novo proprietário. Mas isso não acontecerá. 

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

A marca de origem cearense pertence, desde 2007, à Ford. que estava tentando vendê-la desde janeiro. Àquela altura a fabricante interrompeu imediatamente a fabricação nacional dos Ford, enquanto garantiu a continuidade da produção dos Troller até os últimos meses do ano. 

fábrica troller
Divulgação/Troller

Sob mediação de órgãos do governo cearense, como a Sedet (Secretaria do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho) e a Secretaria da Fazenda, as negociações para a venda da Troller ocorreram até a última segunda-feira (9). Acabaram, porém, por ordem vinda diretamente da matriz americana da Ford.

“Na tarde dessa segunda-feira, 9, o diretor institucional da Ford no Brasil, Rogélio Goldfarb, informou por telefone ao titular da Sedet, Maia Júnior, a suspensão das negociações alegando decisões da matriz americana que havia contratado empresa especializada em fusões e aquisições para o processo”, explica o órgão cearense.

  • A decisão da Ford seria de não vender a marca Troller, nem o design dos seus produtos, somente o complexo fabril composto pelo terreno de 120.142 m² com 21.736 m² de área construída.

    Modelo Troller TX4 Azul
    Troller TX4 Divulgação/Troller

    Para o governo do Ceará, a decisão foi um choque. O estado estava determinado a encontrar um comprador e estava esperançoso com o afunilamento das negociações no mês passado, quando sobraram três candidatos e as propostas atendiam aos interesses da montadora.

    Comunicado distribuído aos funcionários da Troller em Horizonte (CE)
    Comunicado distribuído aos funcionários da Troller em Horizonte (CE) @deolhoemhorizonte/Instagram

    “Continuaremos firmes na busca de entendimentos para que a Ford reflita que esta posição tomada pela matriz é indesejada por nós. A marca Troller não é mundial, foi criada por cearenses! Esperamos que a Ford americana e a do Brasil não prejudiquem o desenvolvimento do Ceará e os trabalhadores cearenses”, ressaltou o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará, Maia Júnior.

    O T4 topa qualquer parada sem abrir o bico
    Modelo Troller T4 produzido na fábrica de Horizonte, CE. Marcos Camargo/Quatro Rodas

    A Troller gera cerca de 470 empregos com a produção do seu único veículo, o T4. A fábrica funcionará até novembro fabricando peças para suprir a necessidade dos consumidores. Até lá, o Sindicato dos Metalúrgicos de Maracanaú (Sindimetal) seguirá em negociações com a Ford. A esperança é que eles fechem um acordo justo e que assegure os direitos dos funcionários.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Edição de julho
    A edição 747 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Quatro Rodas/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade