Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fiat Argo 2019 troca start-stop por alarme de série

Sistema que desliga o motor para economizar combustível passa a ser opcional nas versões Drive, junto com o controle de estabilidade

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 18 jul 2018, 11h53 - Publicado em 18 jul 2018, 11h37
O start-stop se tornou opcional vinculado com o controle de estabilidade Divulgação/Fiat

Após perder a central multimídia Uconnect de série, as versões Drive 1.0 e 1.3 do Fiat Argo têm nova redução de equipamentos. Na linha 2019, as duas versões ganham alarme antifurto de série, mas deixaram de oferecer o sistema start-stop.

O equipamento, que desliga o motor em paradas para economizar combustível, agora é opcional em um pacote de R$ 1.500 que também soma controles de tração (TC) e estabilidade (ESC) com assistente de partida em rampa.

Até então os itens de segurança estavam disponíveis apenas para o Drive 1.3 com câmbio automatizado GSR e para as versões 1.8. 

Traseira remete aos Fiat e Alfa europeus
Argo Drive 1.0 ficou R$ 200 mais caro com o alarme de série Divulgação/Fiat

De acordo com a Fiat, esta mudança “atende às solicitações de mercado”. No nosso Fiat Argo Drive 1.3 do Longa Duração coleciona reclamações para a lentidão do start-stop e pelo sistema interromper o ar-condicionado quando não deveria.

Continua após a publicidade

A falta de controle de estabilidade foi ressaltada na compra.

Mas o preço subiu em vez de descer. As duas versões haviam ficado R$ 2.300 mais em conta ao trocar a central Uconnect de 7″ de série por uma nova, de 9″ mas sem Android Auto e Apple Carplay, como opcional de R$ 1.990.

Start-stop pode ser desativado por um botão
No Fiat Argo, start-stop pode ser desativado por botão Christian Castanho/Quatro Rodas

O Argo Drive 1.0 passou a custar R$ 47.990 (aumento de R$ 200) e o Drive 1.3 custa R$ 53.990, reajuste de R$ 1.300. A versão Drive 1.3 GSR, que apenas ganhou alarme, passou de R$ 57.690 para R$ 59.590, aumento de R$ 1.900. 

Para a versão de entrada Argo 1.0, a novidade é o Kit Visibilidade como opcional. Ele inclui desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro com intermitência. Sem alterações nos preços, parte de R$ 44.990. 

Continua após a publicidade
Versão Drive 1.3 câmbio GSR teve o maior reajuste: R$ 1.900 Divulgação/Fiat

De acordo com a Fiat, a versão Precision 1.8 mudará mais tarde. Contudo, a versão topo de linha HGT 1.8 passa a ter sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico de série.

Esta versão mantém a central Uconnect de série e custa agora R$ 65.990 com câmbio manual e R$ 71.990 com automático (aumento de R$ 700 e R$ 600, respectivamente).

Preços do Fiat Argo:

  • Fiat Argo 1.0 – R$ 44.990 (mantém o preço)
  • Fiat Argo Drive 1.0 – R$ 47.990 (era R$ 47.790, aumento de R$ 200)
  • Fiat Argo Drive 1.3 – R$ 53.990 (era R$ 52.690, aumento de R$ 1.300)
  • Fiat Argo Drive 1.3 GSR – R$ 59.590 (era R$ 57.690, aumento de R$ 1.900)
  • Fiat Argo Precision 1.8 –  R$ 62.290 (ainda modelo 2018)
  • Fiat Argo Precision 1.8 AT6 – R$ 68.290 (ainda modelo 2018)
  • Fiat Argo HGT 1.8 – R$ 65.990 (era R$ 65.290, aumento de R$ 700)
  • Fiat Argo HGT 1.8 AT6 – R$ 71.990 (era R$ 71.390, aumento de R$ 600)
Publicidade