Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Ferrari leva três anos para entregar novos carros, mas não está nem aí

Montadora vê charme na dificuldade em se adquirir um de seus esportivos e ressalta que novos compradores são mais jovens do que nunca

Por Rafael Sommadossi
Atualizado em 4 abr 2024, 08h40 - Publicado em 11 out 2023, 15h44

A Ferrari teve sua produção aumentada em 18,5% no ano passado, atingindo 13.221 unidades. Com esse crescimento, a procura vem superando com folga o que a produção artesanal da italiana pode entregar, resultando em longos tempos de espera para os interessados nos superesportivos.

Compartilhe essa matéria via:
Ferrari Purosangue
Ferrari Purosangue foi ousado e deu certo: suas encomendas já têm filas de anos (Divulgação/Quatro Rodas)

O SUV Purosangue e outros modelos já têm prazos estendidos em até três anos ou mais, sendo que muitos compradores sequer conseguem entrar na lista de espera devido à capacidade de produção insuficiente. O CEO da marca, Benedetto Vigna, entretanto, não parece preocupado com isso.

“O cliente valoriza nossos carros porque eles são únicos, porque são limitados e exclusivos”, disse à CNBC. “Daria para fabricarmos mais unidades, mas isso não faria sentido. Ofenderíamos nossos clientes assim”.

É estratégia parecida à frase icônica do fundador Enzo Ferrari, que supostamente disse que a marca sempre “produziria um carro a menos do que a demanda do mercado”. Alguns analistas apontam até que o Cavallino Rampante poderia vender o dobro dos números atuais, sem precisar mexer nos preços estratosféricos.

Continua após a publicidade

Ferrari ROma

Mas há coisas mais importantes em Maranello: mesmo com a construção de uma nova fábrica para veículos híbridos e elétricos, a empresa mantém uma abordagem cautelosa em às mudanças. A Ferrari pretende equilibrar exclusividade e prestígio e avançar tecnologicamente seus esportivos sem perder a identidade construída ao longo de décadas.

Quem acha que isso está afastando os jovens se engana. Afinal de contas, explicou Vigna, os novos compradores de uma Ferrari são 10% mais novos do que a média dos proprietários ao redor do mundo. Em tempos de consumo facilitado, o executivo ressalta que a dificuldade intencional de adquirir tais veículos é um charme a mais para as novas gerações, valorizando a conquista na garagem.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.