Clique e assine por apenas 5,90/mês

FCA é notificada por apagões do Jeep Compass denunciados em QUATRO RODAS

Ministério da Justiça e Segurança Pública exige esclarecimentos da empresa por falha recorrente apresentada pelo SUV mesmo após recall

Por Rodrigo Ribeiro - Atualizado em 27 ago 2019, 16h23 - Publicado em 27 ago 2019, 07h00
O Compass de Longa Duração também sofreu com apagões Christian Castanho/Quatro Rodas

O problema recorrente de apagão do motor do Jeep Compass, reportado pela seção Autodefesa de QUATRO RODAS, gerou uma notificação Senacon, órgão do governo federal para o grupo FCA (Fiat Chrysler Automobile) no Brasil.

No documento de número 639/2019, o Coordenador de Consumo Seguro e Saúde (ligada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública), Nicolas Matoso de Souza, fez uma série de questionamentos à fabricante, citando nominalmente a QUATRO RODAS.

Entre os esclarecimentos solicitados pelo executivo, há pontos levantados na reportagem publicada na seção Autodefesa, tais como:

As providências que a FCA tomou em relação aos casos relatados; a descrição sobre os lotes das peças envolvidas no recall e se esses componentes foram aplicados em outros veículos além dos abrangidos pela convocação.

Desligamento repentino

O motor do Compass desliga repentinamente nos casos relatados à QUATRO RODAS Fernando Pires/Quatro Rodas

Todas as falhas do Compass envolvem o desligamento abrupto do motor. Houve casos do veículo apagar em plena estrada a 110 km/h. Isso pode ocasionar a perda de assistência na direção e freios, além de desligar a iluminação principal do veículo.

Continua após a publicidade

O problema é que diversos casos de falha encontrados por QUATRO RODAS envolveram veículos que já haviam feito um recall convocado pela FCA em junho de 2018 para reparar esse problema em 92.081 unidades do Compass e Renegade.

Reprodução/Internet

Até mesmo o Compass de Longa Duração enfrentou uma versão mais leve do problema ao longo do nosso teste de 60 mil quilômetros.

Por mais de uma vez o modelo ficou com o painel desligado, deixando de exibir informações como rotação do motor ou velocidade.

Felizmente, nas ocasiões foi possível manter o controle do carro, sem problemas de funcionamento no motor, câmbio e direção.

Questionada, a FCA enviou o seguinte posicionamento:

“A Fiat Chrysler Automobiles enviará a resposta ao Ministério da Justiça referente à notificação recebida dentro do prazo estipulado.”

Continua após a publicidade
Publicidade