Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fábrica da VW em Zwickau troca produção de perua esportiva por elétricos

Fábrica recebeu investimento de US$ 1,34 bilhão (cerca de R$ 7,3 bilhões) para produzir seis elétricos do Grupo Volkswagen em plataforma MEB

Por Renan Bandeira - 29 jun 2020, 18h21
Golf Estate (equivalente a perua Golf no Brasil) foi o último veículo a combustão da fábrica Divulgação/Volkswagen

A fábrica Volkswagen em Zwickau, no leste da Alemanha, produziu seu último veículo a combustão. A partir de agora, concentrará suas operações apenas na fabricação de elétricos.

“Hoje é um dia histórico para nós. Estamos orgulhosos do que alcançamos até agora e, ao mesmo tempo, esperamos ansiosamente o que o futuro nos reserva”, afirmou o diretor administrativo de tecnologia e logística da Volkswagen, Reinhard de Vries.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Inaugurada em 1904, a planta já foi responsável pela produção de veículos das marcas Horch, Audi, DKW, IFA, Trabant e, a partir de 1990, Volkswagen.

Continua após a publicidade

Nos últimos 30 anos, a linha de montagem finalizou mais de 6 milhões de modelos como Polo, Golf, Golf Variant, Passat e Passat Variant, destinados ao mercado europeu.

O último veículo a combustão a sair da linha de montagem foi justamente um Golf Variant R de sétima geração, com motor 2.0 TSI de 300 cv.

Fábrica terá toda produção voltada para veículos elétricos Divulgação/Volkswagen

Agora, a linha de produção trabalhará na produção de seis veículos elétricos baseados na plataforma MEB (modular, como a MQB, mas voltada para elétricos) para as marcas, Audi, Seat e Volkswagen.

O plano do Grupo Volkswagen é que a produção anual da fábrica de Zwickau chegue em 330.000 unidades, mas apenas após a conclusão do processo de expansão – a previsão de conclusão é para 2021.

Continua após a publicidade

O investimento para a conversão da fábrica soma cerca de US$ 1,34 bilhão (cerca de R$ 7,3 bilhões) e, até o momento, apenas o ID.3 entrou em produção por lá.

ID.3 é o primeiro modelo totalmente elétrico da empresa alemã Divulgação/Volkswagen

Mas é por pouco tempo, pois o SUV ID.4 deve se juntar ao irmão menor e terá a fabricação iniciada nos próximos meses.

Além dos modelos Volkswagen, a fábrica será responsável pela produção de um SUV para a Audi e o el-Born, primeiro veículo elétrico da Seat.

Com a preferência pela produção de elétricos, os últimos resquícios de combustão na fábrica de Zwickau serão as carrocerias de Lamborghini Urus e Bentley Bentayga, que continuarão sendo estampadas na planta alemã.

Continua após a publicidade

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas
Publicidade