Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

F1: Russell ganha o GP do Brasil e conquista primeira vitória da carreira

Hamilton chega em segundo e garante dobradinha da Mercedes pela primeira vez em 2022. Sainz fica em terceiro seguido por Lecrerc, que chegou a bater

Por Isadora Carvalho Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
13 nov 2022, 19h17

George Russell e Lewis Hamilton encerram um hiato da Mercedes de quase um ano sem fechar a primeira fila em grids de largada na Fórmula 1

Conforme destacamos ontem, o britânico George Russell venceu a corrida rápida (Sprint) após ultrapassagem emocionante sobre o atual campeão Max Verstappen. Hamilton, também da Mercedes, terminou em terceiro, mas largou em segundo neste domingo, pois Carlos Sainz (Ferrari), que ficou em segundo, teve uma punição a cumprir e larga em sétimo. 

Sainz - corrida F1
Sainz, mesmo com a penalização, chegou em terceiro (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Nesse caso Russell e Hamilton ficam na almejada primeira fila, Max Verstappen e Sergio Pérez na segunda fileira apenas da Red Bull e Charles Leclerc (Ferrari) e Lando Norris (McLaren) na terceira.

Continua após a publicidade

Enfim, o dia da corrida

O domingo começou com tempo aberto e sol, e a temperatura às 13h já chegava aos 30°C. O asfalto de Interlagos, porém, chegava a 56,5°C. Os pilotos aproveitaram o tempo aberto para desfilar em carros clássicos e conversíveis. E o mais novo cidadão brasileiro, Lewis Hamilton, puxava a fila com a bandeira do Brasil nas mãos para o delírio do público nas arquibancadas.

No momento da largada a temperatura caiu um pouco, para o alívio dos pilotos, e ficou em 23,8°C. Mas com o asfalto beirando os 50°C, algumas equipes optaram por largar com os pneus macios e essa foi a escolha da Mercedes para os seus dois carros na frente do grid.

Red Bull também apostou nos pneus macios, com Verstappen e Pérez com slicks com faixa vermelha.

Safety car entrou na pista já na segunda volta. Após Daniel Ricciardo (McLaren) tocar no carro de Magnussen (Haas), ele roda, Ricciardo tenta ultrapassá-lo, mas acaba sendo atingido. Infelizmente é fim de prova para os dois que tiveram que abandonar a corrida.

Continua após a publicidade

Na sétima volta, Verstappen toca no Hamilton e os dois perdem posições, o campeão leva cinco segundos de punição da FIA por movimento perigoso.

Batida F1 - corrida
Verstappen e Hamilton se tocam logo no começo da corrida (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Em seguida Leclerc (Ferrari) tocou em Leandro Norris, e o piloto da Ferrari bateu no guardrail. Os dois precisam ir para o box imediatamente. 

Na 15° volta Hamilton, que estava em oitavo após o incidente com o Verstappen, já ocupava a quarta posição.

Continua após a publicidade
Hamilton - corrida
Após o incidente com Verstappen, Hamilton recupera posições (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Russell, na 25°, entra no pitstop e troca os pneus macios pelos médios e volta pra pista em segundo colocado, atrás do companheiro de equipe Hamilton, que lidera a prova nesse momento. 

E em seguida Hamilton também vai pro box e volta com força pra tentar ultrapassar Carlos Sainz, que é o terceiro e o único do primeiro pelotão que ainda usa compostos macios. Mas, para evitar a ultrapassagem, Sainz entra nos boxes para trocar os pneus por médios e seguir a tendência do primeiro pelotão.

Sainz - Corrida F1
Sainz na volta dos boxes com pneus médios (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Do meio para o fim

Na 45° volta, Hamilton encosta no Pérez, que se defende bem, mas na reta oposta e com a asa aberta ele ultrapassa com tranquilidade para delírio do público. E Lewis agora é segundo atrás do companheiro Russell.

Já no fim da corrida entra o safety car virtual, no qual os pilotos não podem fazer ultrapassagens, pois Norris (McLaren) estaciona na pista e abandona a corrida por problemas mecânicos. McLaren está fora do GP do Brasil.

Russell - corrida
Russell, o grande campeão do GP do Brasil (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Na 59° volta, luz verde em Interlagos, o céu está escuro e ameaça chover. Sainz ganha a posição do Pérez (RBR) e seu companheiro de Ferrari, Lecrerc também ultrapassa o rival da Red Bull e as Ferrari são terceiro e quarto colocadas.

Continua após a publicidade

Russell e Hamilton lideram a prova com folga até o fim. O britânico George Russell conquista a sua primeira corrida da carreira e Hamilton garante o segundo lugar e a dobradinha para Mercedes que não acontecia desde 2021.

Pódio - GP Brasil
Russell ganha o seu primeiro GP e tem a companhia de Hamilton e Sainz no pódio (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Assim que o piloto bicampeão brasileiro, Emerson Fittipaldi, agitou a bandeira quadriculada, Russell disse emocionado no rádio: “É a primeira de muitas, pessoal. Esse foi só o começo.”

Russell - campeão
(Fernando Pires/Quatro Rodas)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.