Exclusivo: novos Chevrolet Onix e Prisma terão versão esportiva e de luxo

Confira a lista completa de versões das novas gerações de hatch e sedã. Três volumes já é flagrado com camuflagem mais leve

Chevrolet Prisma exibe traços dianteiros pela primeira vez

Chevrolet Prisma exibe traços dianteiros pela primeira vez (Rodrigo Ronconi/Quatro Rodas)

A cúpula da General Motors pode até estar ameaçando deixar o Brasil, mas o fato é que o projeto das novas gerações de Chevrolet Onix e Prisma, os grandes lançamentos da marca em 2019, avançam de vento em popa.

Tanto que os protótipos já começam a perder a camuflagem e a revelar o visual definitivo dos modelos, o que denota que o desenvolvimento se encontra em estágio final.

Contorno de lanternas e para-choque indicam: traseira será praticamente idêntica à do “Onix Sedan” chinês

Contorno de lanternas e para-choque indicam: traseira será praticamente idêntica à do “Onix Sedan” chinês (Rodrigo Ronconi/Quatro Rodas)

A derivação sedã foi fotografada pelo leitor Rodrigo Ronconi, com tradicional cobertura zebrada. Apesar da camuflagem, as imagens inéditas exibem de maneira muito bem delineada o desenho de faróis, parte superior da grade frontal e lanternas traseiras.

Visual da nova geração do Prisma já vazara na China

Visual da nova geração do Prisma já vazara na China (Reprodução/Internet)

Sem surpresa, o novo Prisma nacional terá o mesmo desenho de seu equivalente chinês, que já havia vazado na internet em outubro do ano passado e será vendido no gigante asiático como Onix Sedan. Por aqui ele deverá seguir com o nome exclusivo utilizado pela primeira geração, de 2006, e mantido pela atual, de 2013.

Já o hatch terá dianteira equivalente, mas, obviamente, mudará no balanço traseiro.

Novo Prisma terá lanternas horizontais e bipartidas, lembrando um pouco o atual Cobalt

Novo Prisma terá lanternas horizontais e bipartidas, lembrando um pouco o atual Cobalt (Reprodução/Internet)

Novidade mesmo é a lista final de versões, à qual QUATRO RODAS teve acesso em primeira mão junto a fontes ligadas à fabricante. Todas estarão equipadas com motor 1.0 três-cilindros aspirado ou turbo, de uma família chamada CSS, sempre bicombustível e com opção de câmbio automático de seis marchas para a configuração turbinada.

Chamou especial atenção o fato de que Onix e Prisma 2020 contarão com a versão de topo Premier, hoje existente nos SUVs Tracker e Equinox, e que em breve deve aparecer também na renovação da família de médios Cruze.

Os detalhes de como será o Prisma chinês. Detalhes como contornos cromados e rodas devem mudar no Brasil

Os detalhes de como será o Prisma chinês. Detalhes como contornos cromados e rodas devem mudar no Brasil (Reprodução/Internet)

Além disso, o hatch terá uma inédita versão esportiva chamada RS, já conhecida de outros modelos da Chevrolet, empurrada sempre pela derivação turbinada do propulsor tricilindro de 1 litro.

Lembrando que os compactos serão produzidos em Gravataí (RS). Enquanto o Onix será lançado em julho, o Prisma ganhará as ruas em setembro, conforme revelado recentemente por QUATRO RODAS, também em primeira mão. Ambos chegarão às concessionárias já como ano-modelo 2020.

Confira a lista, ainda sujeita a alterações até o lançamento dos modelos:

Chevrolet Onix 2020
-LS 1.0 aspirado flex
-LS 1.0 turbo flex
-LT 1.0 aspirado flex
-LT 1.0 turbo flex
-Premier 1.0 turbo flex
-RS 1.0 turbo flex

Chevrolet Prisma 2020
-LS 1.0 turbo flex (voltada a frotistas)
-LT 1.0 aspirado flex
-LT 1.0 turbo flex
-Premier 1.0 turbo flex

Na China, as especificações do “Onix Sedan”, ou simplesmente Prisma, indicam um crescimento de 4,28 para 4,47 metros de comprimento, e de 2,53 para 2,60 m de distância entre-eixos. Ainda não se sabe se o hatch crescerá nas mesmas proporções.

De qualquer forma, o novo Prisma é grande o suficiente para colocar em xeque o futuro do já obsolescente Cobalt, brigando no segmento de sedãs compactos-médios premium com o Volkswagen Virtus. O novo Onix terá na mira o Polo.

Ao mesmo tempo, a GM seguirá fabricando em São Caetano do Sul (SP) a atual geração da família, ofertando-a no mercado como linha Joy.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Marcos Jesuino

    Só vai ter versão 1.0?