Clique e assine por apenas 8,90/mês

E-Pace flex chega como primeiro Jaguar bicombustível da história

Disponível em duas versões, preços sofreram aumento de até quase R$ 30 mil com a nova motorização

Por Thais Villaça - Atualizado em 10 dez 2018, 13h31 - Publicado em 10 dez 2018, 12h27
Assim como Discovery e Evoque, E-Pace será oferecido com motor flex Divulgação/Jaguar

O Jaguar E-Pace chega ao mercado brasileiro com inédito motor flex, tornando-se o primeiro modelo da marca que pode rodar tanto com etanol quanto com gasolina.

É o mesmo motor que equipa os Land Rover Discovery Sport e Range Rover Evoque, que ganharam a opção bicombustível no final de novembro.

Preços sofreram aumento significativo com o novo motor Divulgação/Jaguar

A tecnologia, porém, não foi desenvolvida na fábrica de Itatiaia (RJ), mas na fábrica de motores de Wolverhampton (Inglaterra), especialmente para o mercado brasileiro.

Com sistema flex, o novo Ingenium 2.0 mantém os mesmos números de potência e torque: são 249 cv e 37,2 mkgf, respectivamente. A aceleração de 0 a 100 km/h também se mantém em 7 segundos.

O E-Pace com motor flex tive um aumento substancial de preço. Na versão Base P250 (Pure), a diferença é de quase R$ 30.000, de R$ 204.500 (gasolina) para R$ 233.800. Já na R-Dynamic S P250, o preço saltou de R$ 237.500 para R$ 251.300.

Continua após a publicidade
Publicidade