Clique e assine por apenas 8,90/mês

Dez hatches automáticos para comprar por menos de R$ 70 mil

Descanso ao pé esquerdo sem trancos: QUATRO RODAS mostra quais são os hatches com conversor de torque ou CVT mais baratos do país

Por Ana Paula Cerveira - Atualizado em 20 fev 2019, 11h21 - Publicado em 20 fev 2019, 09h00
Além de ter uma motorização eficaz, Onix 1.4 Advantage mantém linha de design já conhecida do hatch Christian Castanho/Quatro Rodas

Para alguns, manter a tradição é essencial. Para outros, quanto mais soluções existirem para dar adeus ao pedal de embreagem, melhor.

E, se antes ter um carro automático parecia impossível pelo valor a ser desembolsado, hoje há várias possibilidades com preços menos salgados para garantir o conforto do seu dia a dia.

Por isso, fizemos uma lista dos 10 modelos automáticos mais baratos do Brasil. Mas aqui vale uma regra: estamos de automáticos de verdade, com conversor de torque ou tipo CVT. Automatizados não entraram na lista.

Quem sabe não surge uma oportunidade e você consegue, enfim, descansar seu pé esquerdo, não? Veja as opções:

10. Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech – R$ 67.090

Toyota Yaris
Toyota Yaris possui câmbio CVT de sete marchas Christian Castanho/Quatro Rodas

O Toyota Yaris 1.3 XL Plus vem de série já com controle de estabilidade, auxílio à partida em rampa, piloto automático, retrovisor interno eletrocrômico, ar-condicionado digital, central multimídia, entre outros itens de série.

Além disso, na questão de segurança, possui sete airbags. Seu motor flex é um quatro-cilindros de 101 cv gerenciado por câmbio CVT Multidrive de sete marchas.

9. Volkswagen Polo 1.6 MSI – 64.850

VW Polo
VW Polo 1.6 MSI é bem equipado Christian Castanho/Quatro Rodas

Um exemplo de suavidade em arrancadas e trocas rápidas é o VW Polo MSI 1.6 Automático. Seu motor flex é o conhecido quatro-cilindros 1.6 de 16V e 117 cv, com câmbio automático de seis posições da Aisin.

Nesta versão, possui ar-condicionado analógico, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas, computador de bordo, suporte para smartphone no painel, rádio com USB e Bluetooth, regulagem de altura do banco do motorista, Isofix e quatro airbags.

8. Citroën C3 1.6 Attraction – R$ 60.490

Citroën C3 não muda de visual desde 2012, mas câmbio é atual Christian Castanho/Quatro Rodas

O Citroën C3 Attraction 1.6 não tem um design externo inédito – pelo contrário, já que está no mercado desde 2012 sem passar por mudanças visuais -, mas o compacto da PSA soube se atualizar no quesito câmbio automático.

Desde 2017 o motor flex quatro-cilindros 1.6 de 118 cv passou a conversar com uma caixa automática de seis relações, também da Aisin, aposentando o antigo sistema de quatro marchas oferecido até então.

O modelo oferece ainda ar-condicionado analógico, rádio com USB e Bluetooth, direção elétrica, trio elétrico, freios ABS, airbag duplo, faróis de neblina, leds diurnos, vidros elétricos nas quatro portas e rodas de liga leve.

7. Caoa Chery Tiggo 2 1.5 – R$ 59.990

Chery Tiggo 2 frente 3-4
Caoa Chery Tiggo 2 1.5 possui visual e sem exageros Christian Castanho/Quatro Rodas

Posicionado entre o dos hatches aventureiros e os SUVs compactos, o Tiggo traz visual cheio de recortes e cromados (solução comum em carros chineses), além de uma oferta bem recheada de equipamentos.

Entre os itens estão freios a disco nas quatro rodas, monitoramento de pressão dos pneus, ajuste elétrico dos faróis, Isofix, piloto automático, controle de estabilidade, assistente de partida em rampas, câmera de ré, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay e teto solar.

O motor flex Acteco 1.5 é um quatro cilindros de 115 cv com câmbio automático de quatro marchas, não tão moderno quanto o de outros modelos nesta lista.

6. Hyundai HB20 1.6 – R$ 59.990

Hyundai Hb20
o HB20 1.6 tem câmbio automático da própria Hyundai Christian Castanho/Quatro Rodas

Embora esteja muito perto de passar por uma atualização profunda, o HB20 pode ser uma boa opção de hatch compacto automático. Seu motor flex 1.6 é um quatro-cilindros de 128 cv acoplado a caixa automática de seis marchas da própria Hyundai.

Sua principal desvantagem: o pacote de equipamentos é pouco generoso e dispõe apenas de isofix, ar-condicionado analógico e central multimídia com TV digital a bordo. A vantagem: é o único dos modelos desta lista com cinco anos de garantia.

Continua após a publicidade

5. Nissan March 1.6 SV – R$ 58.790

Motor 1.6 do March dá respostas rápidas nas acelerações Christian Castanho/Quatro Rodas

O Nissan March já não chama atenção pelo seu visual há tempos, por ser simples demais e estar há quase cinco anos sem atualizações. Também não é referência em espaço interno.

Por outro lado, possui ar-condicionado digital, direção com assistência elétrica e volante com regulagem de altura. Além disso, o motor quatro-cilindros 1.6 flex de 111 cv deixa o compacto esperto nas acelerações e retomadas, e o câmbio CVT, embora “gritão”, opera em giros aceitáveis.

4. Ford Ka 1.5 SE – R$ 57.490

Ford Ka é praticamente o “ganha pão” da Ford nos dias atuaiscom câmbio automático de seis velocidades Divulgação/Ford

Que ele é o maior sucesso atual da Ford, não se pode negar. Na versão SE 1.5 o hatch traz ar-condicionado, computador de bordo, comandos de voz, piloto automático e Isofix, entre outros equipamentos.

Seu motor flex 1.5 é um três-cilindros de 136 cv, com câmbio automático de seis marchas herdado do irmão de plataforma EcoSport.

3. Volkswagen Gol 1.6 – R$ 57.260

VW Gol
Gol automático traz o mesmo conjunto mecânico do Polo Christian Castanho/Quatro Rodas

Para os amantes da Volkswagen e simpatizantes de comodidade, o Gol 1.6 automático é uma ótima opção. Externamente, o pequeno hatch conta com look atualizado trazido da Saveiro.

Na parte interna não há muito luxo, mas o mínimo de conforto é garantido pela presença de ar-condicionado, direção hidráulica, ajuste de altura para o banco do motorista, suporte de celular, banco traseiro rebatível, travas elétricas e vidros dianteiros elétricos.

Um dos melhores pontos deste modelo é o seu motor flex 1.6, o mesmo que equipa o Polo, porém recalibrado para entregar 120, e não 117 cv. A caixa de seis marchas também vem da Aisin.

2. Toyota Etios 1.3 – R$ 55.090

Toyota Etios XLS 1.5 A/T
Etios 1.3 tem design simples, mas ganha em praticidade Acervo/Quatro Rodas

O Etios nasceu simples e com visual controverso, mas precisamos admitir: é um carro bem acertado e, apesar de contar com o velho câmbio de quatro posições do antigo Corolla aliado ao motor 1.3 flex de 98 cv, oferece desempenho bastante interessante.

Além disso, conta com direção elétrica, ar-condicionado, trio elétrico, banco de motorista com ajuste de altura, Isofix, controle de estabilidade e assistente de partida em rampa.

1. Chevrolet Onix 1.4 Advantage – R$ 54.990

Chevrolet Onix
Compacto da Chevrolet mostrou fôlego do Gol em seus tempos áureos Christian Castanho/Quatro Rodas

É, ele também está aqui e não é coincidência: além de líder de vendas, o Onix é o carro mais barato do Brasil a contar com câmbio automático com conversor de torque.

Estamos falando da versão Advantage 1.4, que sustenta um design conhecido desde 2016 – e que está prestes a mudar, com a troca de geração, além de lista de itens de série comum para o segmento: direção elétrica, ar-condicionado, Isofix, áudio com Bluetooth, trio elétrico (com vidros apenas dianteiros) e banco do motorista com regulagem de altura.

Por fim, o motor flex 1.4 é um quatro-cilindros de 106/98 cv com câmbio automático de seis relações fabricado pela própria GM.

Automatizados também são possibilidades

Vale lembrar que o mercado de modelos automatizados monoembreagem, embora cada vez mais reduzido, ainda existe e permite comprar modelos sem pedal de embreagem a preços ainda mais acessíveis.

Se você não liga para os trancos, aqui vão cinco opções:

  • 5. Renault Stepway 1.6 – R$ 67.490
  • 4. Fiat Argo 1.3 Drive – R$ 63.590
  • 3. VW Up! 1.0 MPI – R$ 55.680
  • 2. VW Fox 1.6 Connect – R$ 54.490
  • 1. Fiat Mobi 1.0 – R$ 47.590
Continua após a publicidade
Publicidade