Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Como a Nissan pretende zerar acidentes fatais com carros até 2030

A Ground Truth Perception usa sensores LIDAR para fazer uma leitura em tempo real do entorno do veículo, podendo antecipar e evitar acidentes

Por João Vitor Ferreira
Atualizado em 29 ago 2022, 10h55 - Publicado em 29 ago 2022, 05h00

Muitas fabricantes de automóveis têm como objetivo aumentar a eletrificação até 2030. Com a Nissan não é diferente, porém, a marca japonesa também tem outro propósito: zerar os acidentes fatais com automóveis até 2030.

É o que afirma Chris Reed, vice-presidente regional sênior de desenvolvimento e pesquisa da Nissan Américas. Para isso, a fabricante japonesa está trabalhando para deixar a inteligência artificial ainda mais… inteligente.

Isso veria da evolução de sistemas como o ProPILOT 2.0, piloto automático da Nissan que permite ao motorista até tire as mãos da estrada em alguns momentos, e que já está disponível em veículos como o Nissan Ariya.

sistema de análise de entorno Nissan
Os lidares identificam um carro saindo de ré e invadindo a pista. Automaticamente, o sistema calcula uma rota para desviar e atua na direção, evitando um acidente (Divulgação/Nissan)

É preciso ter calma, porém. “Hoje o cliente não entraria em um carro sem direção. É preciso adaptá-lo para o futuro”, explica Reed. Vem daí o desenvolvimento do “Ground Truth Perception”, que em tradução livre significa “percepção real do entorno”.

Essa nova tecnologia funciona por meio de câmeras, radares e, principalmente, sensores LIDAR – uma espécie de radar que funciona através da emissão de lasers em vez de ondas sonoras. Eles fazem a leitura em tempo real do ambiente ao redor do carro, sendo capazes de detectar objetos estranhos mais rápido e com maior precisão, e fazer a manobra mais adequada para evitá-los.

sistema de análise de entorno Nissan 5
O sistema atua sem que seja necessária a intervenção do motorista (Divulgação/Nissan)

O sistema atua de maneira autônoma, assumindo a direção em momentos onde somos surpreendidos no trânsito. Sabe quando aquela caixa mal amarrada se solta do caminhão da frente? Em questão de segundos os lidares conseguem analisar o formato e a distância do objeto, obtendo informações com alto nível de precisão. Desse modo, o sistema toma a melhor decisão para evitar um acidente sério, segundo a Nissan.

sistema de análise de entorno Nissan 4
O carro da frente desvia subitamente e revela um objeto perigoso vindo em sua direção. O sistema atua de maneira rápida para efetuar a manobra e evitar o acidente (Divulgação/Nissan)

A identificação, de acordo com Reed, foi um dos principais desafios. Fazer o sistema interpretar o que seria um objeto de risco e o que seria algo inofensivo, como uma folhas ou um pequeno galho, foi algo que levou um certo tempo do projeto.

Compartilhe essa matéria via:

A tecnologia também auxiliaria o ProPILOT, fazendo a leitura de áreas ainda não mapeadas pelo sistema, aumentando a segurança do motorista nessas localidades.

sistema de análise de entorno Nissan 3
(Divulgação/Nissan)

Trabalhando em parceria com empresas “líderes deste segmento”, como a Applied Institution, a Nissan pretende finalizar o sistema e lançá-lo em meados desta década. Até 2030, ele será padrão nos veículos da marca. É isso que, segundo a fabricante, reduziria para zero o número de acidentes fatais em seus carros.

sistema de análise de entorno Nissan 6
O sistema também atua como um detector de pedestres e usando a frenagem autônoma para evitar um atropelamento, como vemos em modelos mais modernos (Divulgação/Nissan)

O Ground Truth Perception faz parte do “Ambition 2030”, é a visão de longo prazo da Nissan, que além do aumento significativo da segurança dos veículos, também tem como objetivo zerar as emissões dos veículos da marca por meio da eletrificação.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.