Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Classe G elétrico? Mercedes-Benz pode estar trabalhando em versão inédita

Escritório europeu de patentes recebeu registros de nomenclaturas EQG que podem indicar futura versão elétrica do Classe G

Por Igor Macário 7 abr 2021, 17h13
Mercedes AMG G63
Classe G elétrico deverá ser tão capaz quanto versões a gasolina Divulgação/Mercedes-Benz

Ao que tudo indica, a Mercedes-Benz está mesmo trabalhando numa versão totalmente elétrica do Classe G, seu mais tradicional jipe. Depois de algumas declarações reveladoras de executivos da marca, agora aparece uma das evidências mais contundentes de que a revolução elétrica chegará até ao Classe G.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Isso porque a Mercedes-Benz registrou no escritório de patentes da União Europeia duas nomenclaturas que deverão estar no novo modelo. As EQG 580 e EQG 560 deverão diferenciar duas versões do G elétrico. Apenas esses dois nomes foram registrados por enquanto.

Os dois nomes indicam que o modelo poderá usar a mesma configuração de motores do sedã EQS, com propulsores nos dois eixos para tração integral permanente, como nos Classe G a gasolina ou diesel.

classe g
Classe G poderá até ter nova plataforma para ganhar motores elétricos Divulgação/Mercedes-Benz

Se o provável EQG 580 tiver a mesma configuração do EQC 580, o modelo terá 523 cv e nada menos que 84,4 kgfm de torque instantâneos. Um dos desafios da Mercedes é manter os três diferenciais blocantes, marca registrada dos Classe G.

  • Tanto que ainda se especula que a versão elétrica possa até ter outra plataforma, para acomodar o trem de força elétrico. Uma das possibilidades é que o Classe G elétrico use uma versão da nova base EVA da Mercedes-Benz. No entanto, o mais provável é que o modelo mantenha o chassi sobre longarina, para garantir a mesma capacidade off-road das versões com motor a combustão.

    Por ora, a marca ainda não revelou qualquer detalhe oficial sobre o modelo. Mas o chefão da Daimler, Ola Kallenius, já havia admitido que um G elétrico seria apenas questão de tempo.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    capa 743
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade