Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

SUVs vencem mais uma: Citroën vai tirar de linha sua última minivan

Grand C4 SpaceTourer será fabricada apenas até julho na Espanha. O foco da marca será no desenvolvimento de SUVs no mercado europeu

Por Bruno dos Santos
Atualizado em 22 abr 2022, 19h34 - Publicado em 22 abr 2022, 19h30

Em maio de 2019, a Citroën anunciou o fim da importação das minivans C4 Picasso e Grand C4 Picasso, exatamente para focar no mercado de SUVs no Brasil. Atualmente a marca só vende por aqui o SUV C4 Cactus e prepara-se para lançar a nova geração do compacto C3.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Na contramão do mercado brasileiro, a marca ainda vendia a minivan Grand C4 SpaceTourer, mas anunciou essa semana que irá descontinuar a sua última representante do segmento de minivans após quase 20 anos. 

Em produção desde 2006, o Grand C4 estava em sua segunda geração e já havia sido indiretamente substituído pelos elétricos ë-Berlingo e pelo ë-Spacetourer, embora continuasse sendo vendido. No fim de julho, entretanto, o modelo será descontinuado.

Citroën encerra sua produção de minivans
Clássico carro familiar foi superado pelos SUVs (Divulgação/Citroën)

Segundo a francesa, ainda há 439 carros a serem entregues antes do fim definitivo da produção em Vigo, norte da Espanha. “O Grand C4 Spacetourer ofereceu aos clientes um design atraente e moderno e ganhou reputação por seu conforto incomparável, versatilidade interna e espaço, bem como sua modularidade exemplar e cabine leve, graças ao para-brisa longo e teto de vidro panorâmico”, diz o comunicado oficial. “Sua popularidade é demonstrada pelo número de pedidos a serem atendidos antes do fim da produção em julho.”

A fabricante diz que quer se concentrar agora no impulsionamento e desenvolvimento dos utilitários, especialmente o popular C5 Aircross.

Marca reconhecida pelas minivans

A Citroën é conhecida como uma das marcas de referência no mercado de minivans, muitas vezes até sendo protagonista vendendo mais de 4,5 milhões de exemplares deste segmento no mundo todo. A história começou há quase três décadas com o Citroën Evasion, em 1994, um modelo que vinha com sete lugares fabricado até 2002 com mais de 120.000 unidades comercializadas. 

Crescimento dos SUV interrompe a produção de MPV
(Divulgação/Citroën)

O substituto do Evasion foi o Citroën C8, produzido até 2014 e que vendeu mais de 150.000. Mas o modelo que popularizou o mercado de minivans da Citroën foi o Xsara Picasso, vendido de 1999 até 2012, tendo cerca de 1.760.000 unidades vendidas pelo mundo.

Já em 2006, a Citroën lançou o C4 Picasso que recebeu também um modelo com sete lugares. Porém, o modelo de cinco lugares foi produzido até 2018, abrindo espaço para o C5 Aircross. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.