Chevrolet Cruze é o primeiro GM com nota máxima em segurança no Latin NCAP

Com seis airbags, sedã médio passou pelo rito completo de provas da entidade, sendo avaliado com cinco estrelas para adultos e quatro para crianças

Chevrolet Cruze em colisão frontal

Chevrolet Cruze em colisão frontal (Latin NCAP/Divulgação)

O Latin NCAP, programa que testa a segurança de veículos para América Latina e Caribe, divulgou nesta quarta-feira (21), a quinta amostra de testes de 2019. Além de Toyota Hilux e Nissan Frontier, o sedã Chevrolet Cruze.

O três-volumes testado não é da linha 2020, recém-apresentada e que possui uma reestilização visual. Mas utiliza a mesma plataforma, com dimensões idênticas e inclui seis airbags, itens que estarão presentes no facelift a ser lançado em setembro.

O modelo médio passou pelos testes de colisão frontal a 64 km/h, colisão lateral 50 km/h, colisão lateral contra um poste 29 km/h e também o de controle de estabilidade.

No final, recebeu cinco estrelas para a segurança de adultos e quatro para crianças. Essa foi a primeira vez que um carro da GM conseguiu atingir a nota máxima (cinco estrelas) em proteção para adulto na história da entidade.

Chevrolet Cruze sofre impacto lateral durante teste de segurança

Chevrolet Cruze sofre impacto lateral durante teste de segurança (Latin NCAP/Divulgação)

De acordo com o Latin NCAP, o Cruze 2019 mostrou boa segurança para proteger cabeça, joelhos e pés do condutor. As canelas ficaram adequadamente seguras e a região abdominal teve proteção considerada mediana.

Já o passageiro adulto do banco da frente teve proteção considera boa para cabeça e joelho, e adequada quando se considera tronco e pernas.

Chevrolet Cruze em teste de impacto contra poste

Chevrolet Cruze em teste de impacto contra poste (Latin NCAP/Divulgação)

No caso da colisão lateral, o veículo absorveu bem o impacto devido a boa estrutura e junto aos airbags laterais garantiu a nota máxima de segurança.

Além disso, o Cruze mandou bem nos impactos lateral e contra poste: por causa dos airbags de cortina, foi avaliado como “bom” na proteção de cabeça e “adequado” para bacia e tórax.

Também registrou desempenho satisfatório no teste de estabilidade, atingindo todos os requisitos esperados.

O Cruze já havia sido testado em novembro do ano passado, mas foi avaliado novamente por conta da adição dos airbags de cortina, que, junto aos frontais (obrigatórios por lei no Brasil) e aos laterais, somam seis bolsas.

Em nosso mercado, o Cruze já oferece seis airbags na versão de topo LTZ. O conjunto estará presente na linha 2020 do modelo, mas ainda não se sabe em quais versões.

Confira a nota de segurança dos veículos da Chevrolet desde a adoção do atual protocolo de avaliação do Latin NCAP, em 2017:

Modelo Data do teste Proteção adulto Proteção criança
Cruze – 6 airbags Agosto 2019 5 estrelas 4 estrelas
New Aveo – 2 airbargs* Dezembro 2018 2 estrelas 4 estrelas
Chevrolet Onix/Prisma – 2 airbags Janeiro 2018 3 estrelas 3 estrelas
N 300 – sem airbags* Agosto 2017 0 estrelas 1 estrela
Spark GT – sem airbags* Setembro 2016 0 estrelas 0 estrelas
Sail – sem airbags* Abril 2016 0 estrelas 2 estrelas

*Veículo não vendido no Brasil

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s