Os oito carros menos seguros testados pelo Latin NCAP e vendidos no Brasil

Apesar de alguns, como Onix e Ka, fazerem sucesso em vendas, em segurança os modelos desta lista não são tão bem-sucedidos assim

Ambos, Onix e Prisma, são equipados com dois airbags

Ambos, Onix e Prisma, são equipados com dois airbags (Latin NCAP/Divulgação)

Se no trânsito devemos estar atentos com nosso segurança e a dos demais, nesta lista um novo item virou dilema: a preocupação com o próprio carro.

Separamos uma lista com os oitos carros mais inseguros na avaliação do Latin NCAP – organização não-governamental que avalia veículos vendidos na América Latina e Caribe – e que são comercializados no Brasil.

Para tanto, seguimos apenas o protocolo mais rígido adotado desde 2016 (o que significa que carros avaliados até o fim de 2015 ficaram de fora): impacto frontal a 64 km/h; lateral a 50 km/h; de poste a 29 km/h.

Também é levado em consideração para o resultado final se o modelo conta com elementos como controle eletrônico de estabilidade, alerta de cinto de segurança e ganchos de fixação para cadeirinhas infantis.

Diferentemente da lista divulgada na semana passada, que engloba os veículos mais seguros, aqui temos oito e não dez carros: isso porque não haveria como formar uma lista de dez sem repetir dois carros já constantes no ranking dos mais seguros.

Também é preciso ressaltar que alguns modelos vendidos em outros cantos da América Latina, como é o caso Chevrolet Spark, Kia Rio ou Chevrolet Aveo, não foram levados em consideração porque não existem em nosso mercado.

Com isso, a boa notícia é que não existe nenhum membro “zero estrela” nesta lista. Fruto, em especial, da obrigatoriedade dos airbags frontais. A não tão boa é que ainda temos muito o que evoluir em segurança.

Feitos os esclarecimentos acima, confira a lista do mais para o menos seguro:

8. Ford Ka 

Ka é equipado com com dois airbags

Ka é equipado com com dois airbags (Latin NCAP/Divulgação)

Abrimos com um paradoxo: estar em último aqui é uma boa notícia, porque significa que o modelo em questão conta com o melhor resultado (ou seria menos pior?) deste ranking.

Dotado apenas dos obrigatórios airbags frontais na versão avaliada, o Ford Ka reestilizado foi avaliado com três estrelas em proteção para ocupantes adultos e quatro estrelas para ocupantes infantis.

Proteção para adultos: 22,83 pontos de 34 possíveis; 3 estrelas.
Proteção para crianças: 35,41 pontos de 49 possíveis; 4 estrelas.

7. Renault Kwid 

Kwid é equipado com com quatro airbags

Kwid é equipado com com quatro airbags (Latin NCAP/Divulgação)

Para um projeto nascido como de baixíssimo custo, e com resultado vergonhoso no Global NCAP, braço asiático do programa de segurança, o Renault Kwid até que não fez tão feio na avaliação do Latin NCAP: três estrelas para adultos e quatro para crianças.

Ponto positivo para os reforços de carroceria que a fabricante implantou no pequeno hatch produzido em São José dos Pinhais (PR), e também da presença de airbags laterais. Por outro lado, a ausência de itens como o ESP impediu uma nota maior.

Proteção para adultos: 22,85 pontos de 34 possíveis; 3 estrelas.
Proteção para crianças: 33,87 pontos de 49 possíveis; 3 estrelas.

6. Chevrolet Onix/Prisma

Ambos, Onix e Prisma, são equipados com dois airbags

Ambos, Onix e Prisma, são equipados com dois airbags (Latin NCAP/Divulgação)

Embora na sexta posição, o Onix aprimorou seus equipamentos de segurança; afinal, ele tem um histórico pesado de avaliações negativas no Latin NCAP, incluindo uma nota zero aplicada em 2017.

Desde que adotou reforços na carroceria, o hatch e também o sedã Prisma tiveram suas notas atualizadas para três estrelas nas duas avaliações.

Proteção para adultos: 20,24 pontos de 34 possíveis; 3 estrelas.
Proteção para crianças: 32,59 pontos de 49 possíveis; 3 estrelas.

5Peugeot 208

Com desempenho ruim no impacto lateral, o 208 ganhou 2 estrelas

Com desempenho ruim no impacto lateral, o 208 ganhou 2 estrelas (Latin NCAP/Internet)

Um quinto lugar do qual a Peugeot não pode se orgulhar muito. Especialmente se levarmos em conta que o 208 feito em Porto Real (RJ) não conta com barras de proteção nas portas laterais dianteiras, item presente na versão oferecida aos europeus. Também não traz controle de estabilidade.

Assim, tendo apenas os obrigatórios dois airbags frontais, o hatch compacto foi avaliado com duas estrelas em proteção para ocupantes adultos e três estrelas em referência à proteção de ocupantes infantis.

Proteção para adultos: 19,20 pontos de 34 possíveis; 2 estrelas.
Proteção para crianças: 26,98 pontos de 49 possíveis; 3 estrelas.

4. Fiat Mobi 

Fiat Mobi tem resultado insatisfatório e fica em quarto lugar na lista

Fiat Mobi tem resultado insatisfatório e fica em quarto lugar na lista (Latin NCAP/Divulgação)

Diferentemente da boa colocação da Fiat Toro na lista dos mais seguros, o subcompacto Mobi não cumpriu nem de longe o mesmo papel.

O pequeno hatch foi avaliado com apenas uma estrela em relação à proteção para ocupantes adultos e duas estrelas em referência à proteção de ocupantes infantis.

Proteção para adultos: 20,11 pontos de 34 possíveis; 1 estrela.
Proteção para crianças: 21,42 pontos de 49 possíveis; 2 estrelas.

3. Nissan March

March é equipado com com dois airbags

March é equipado com com dois airbags (Latin NCAP/Divulgação)

O Nissan March também não seguiu os passos do primo maior Kicks e acabou ficando em terceiro lugar nesta lista inglória.

O hatch se aproximou bastante do resultado do Mobi, sendo também avaliado com apenas uma estrela em segurança para adultos e duas para passageiros infantis. Porém, ficou atrás na lista por ter registrado pontuações levemente inferiores.

Proteção para adultos: 18,27 pontos de 34 possíveis; 1 estrela.
Proteção para crianças: 30,65 pontos de 49 possíveis; 2 estrelas.

2. Fiat Palio

Palio é equipado com com dois airbags

Palio é equipado com com dois airbags (Latin NCAP/Divulgação)

Ele está fora de linha desde o ano passado, mas marca presença ainda com muita força no mercado de seminovos e usados.

Por isso, e também por ser o segundo veículo brasileiro menos seguro testado Latin NCAP desde 2016, mereceu entrar em nossa lista. No caso, o resultado foi somente uma estrela para proteção de adultos e três para crianças.

Proteção para adultos: 18,09 pontos de 34 possíveis; 1 estrela.
Proteção para crianças: 31,57 pontos de 49 possíveis; 3 estrelas.

1. Renault Sandero/Logan

Sandero é equipado com com dois airbags

Sandero é equipado com com dois airbags (Latin NCAP/Divulgação)

A família de hatch e sedã compactos da Renault pode dar as mãos e lamentar em conjunto. Afinal, o “prêmio” aqui é o de veículos menos seguros à venda no Brasil de acordo com o atual protocolo do Latin NCAP.

Ambos os modelos receberam três estrelas em proteção para ocupantes infantis, mas tiveram a menor nota de todas na segurança de passageiros adultos, culminando em uma singela estrela e a lanterna deste ranking.

Proteção para adultos: 18,01 pontos de 34 possíveis; 1 estrela.
Proteção para crianças: 28,97 pontos de 49 possíveis; 3 estrelas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s