Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Chevrolet Cobalt reestilizado pode ser relançado após 5 anos fora de linha

Ainda um dos carros mais vendidos do Uzbequistão, o Chevrolet Cobalt poderá receber, em 2024, o visual que surgiu no Brasil em 2016

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
25 abr 2023, 12h38

Apesar do lançamento do Chevrolet Onix Plus com produção local, o Chevrolet Cobalt segue em produção no Uzbequistão. Vai muito bem nas vendas, inclusive: com 64.427 unidades emplacadas em 2022, só ficou atrás dos Chevrolet Lacetti (78.440) e Damas (73.846).

Mais de 90% dos carros vendidos por lá são Chevrolet. O Uzbequistão é o terceiro maior mercado global da Chevrolet, atrás apenas dos Estados Unidos e do Brasil.

Chevrolet Cobalt 2024 Uzbequistão
O velho e o “novo” Cobalt reunidos no Uzbequistão (Gazeta.Uz/Reprodução)

Desde o final de 2022 a empresa estuda a produção local da versão reestilizada do Cobalt, lançada no Brasil em 2016 e fora de linha desde 2019. Chegaram, inclusive, a importar um Chevrolet Cobalt brasileiro para testes.

Continua após a publicidade
Chevrolet Cobalt 2024 Uzbequistão
(Gazeta.Uz/Reprodução)

Como a UzAuto divulgou plano de IPO (oferta pública inicial) de suas ações no mercado local, também divulgou o cronograma de atualização de sua atual gama de produtos (que também inclui o Tracker, o Equinox e até o Traverse). A previsão é que o velho novo Cobalt seja relançado por lá em 2024, quando completará 5 anos fora de linha no Brasil. 

Chevrolet Cobalt 2024 Uzbequistão
(Gazeta.Uz/Reprodução)

Lançado no Brasil em 2011, o Cobalt teve sua produção no Uzbequistão iniciada em 2012 e não tem grandes mudanças desde então. Na verdade, mudou de emblema em 2020 quando a GM Uzbequistan foi comprada pelo governo e transformada em UzAuto Motors. Foi quando abandonou a marca Ravon e se tornou Chevrolet. 

Continua após a publicidade
Chevrolet Cobalt 2024 Uzbequistão
(Divulgação/Chevrolet)

O motor, diga-se, sempre foi diferente. Em vez dos 1.4 e 1.8 que usava no Brasil, o Cobalt uzbeque usa um 1.5 16V a gasolina de 107 cv e 13,7 kgfm, com opção de câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis. Os preços começam em 124.295.000 somes uzbeques, o equivalente a R$ 55.300. E tem fila de espera, assim como o Onix Plus.

Chevrolet Cobalt 2024 Uzbequistão
(Divulgação/Chevrolet)

A UzAuto chegou a anunciar o início das exportações do Cobalt para a Rússia em 2021, mas teria interrompido a operação em 2022 após sanções externas. A empresa produz localmente peças de estamparia, componentes plásticos e motores, mas costuma importar da Coreia do Sul componentes mais sofisticados para seus carros.

Continua após a publicidade
Chevrolet Cobalt 2024 Uzbequistão
(Divulgação/Chevrolet)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.