Clique e assine por apenas 5,90/mês

Centro técnico da Audi ganha painéis solares e passa a usar energia limpa

Centro técnico tem 80 placas solares e outras 184 foram instaladas em um terreno em Cajamar (SP), e darão conta de quase um terço da energia consumida

Por Renan Bandeira - 31 mar 2020, 15h58

Prestes a lançar oficialmente seu primeiro veículo totalmente elétrico no Brasil, a Audi instalou 264 painéis solares para gerar energia para seu centro técnico, localizado em São Paulo (SP). A medida faz parte do plano de ser 100% neutra na emissão de carbono até 2050.

Desse total, 80 placas estão alojadas na cobertura do local e as outras 184 foram instaladas em um terreno na cidade de Cajamar (SP).

De acordo com Johannes Roscheck, CEO e Presidente da Audi do Brasil, “a iniciativa está em linha com os objetivos globais da empresa de ser 100% neutra em carbono até 2050 e representa um importante passo, pois ações de sustentabilidade precisam abranger não apenas os produtos.”

Continua após a publicidade

A Audi afirma que os painéis geram 127 mil kWh por ano – 31% de seu consumo anual – e trazem uma redução de 17,3 toneladas de emissão de carbono no ambiente. Segundo a Saren, empresa que executou o projeto, a economia com eletricidade ficará entre entre 10% e 15%.

A Enel, distribuidora de energia elétrica de São Paulo, foi a responsável pelas ligações de entrada e saída de energia do centro técnico.

A Audi firmou um acordo com a empresa para que a produção excedente das placas seja destinada a rede de distribuição, em troca de créditos para uso futuro – com vencimento em cinco anos.

Além do Centro Técnico em São Paulo, a concessionária Audi Center Santos, no litoral paulista, também está utilizando energia solar nas operações.

A energia é gerada pela usina solar de Porto Feliz (SP) e chega pela rede de distribuição. A empresa Sun Mobi, parceira no projeto, estima que a concessionária receberá 10 mil kWh por mês de energia limpa.

Continua após a publicidade
Publicidade