Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Brasil é 5° país mais caro do mundo para ter e manter um carro novo

Estudo britânico afirma que é necessário quatro vezes o salário médio anual brasileiro para comprar e manter um automóvel em território nacional

Por Pedro Henrique Oliveira Atualizado em 18 ago 2021, 21h01 - Publicado em 18 ago 2021, 18h19
Corolla Gazoo Racing Frontal
Um dos modelos utilizados para fazer o levantamento foi o Toyota Corolla Fernando Pires/Quatro Rodas

Comprar um carro é quase uma etapa obrigatória na vida adulta nos países mais desenvolvidos. Ao entrar na faculdade ou sair da casa dos pais, adquirir um automóvel próprio dá liberdade e independência para as pessoas.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Em outros países, porém, até aqueles que sonham em comprar um carro acabam não conseguindo por conta dos preços altíssimos e dos baixos salários. E tem mais coisa que pesa na conta. O preço do combustível, os imposto e gastos com revisões, possíveis manutenções e seguro aumentam o impacto financeiro de um automóvel.

Quando tudo isso é posto na mesa, o Brasil fica muito bem posicionado. No ranking dos países mais caros para ter e manter um carro, claro. 

O site britânico ScrapCarComparison, que compara o preço de carros no fim de suas “vidas”, fez um levantamento e aponta quais países têm os valores mais acessíveis para comprar e manter um carro e quais não oferecem tanta facilidade. 

corolla
O estudo leva em conta não apenas o valor para comprar um automóvel, mas também as despesas para manter o carro Fernando Pires/Quatro Rodas

A metodologia utilizada por eles é a seguinte: pesquisaram em 40 países onde os dados de custo médio estão prontamente disponíveis para as categorias renda, custo do carro, seguro, reparos e combustível. Países sem estes dados foram retirados do estudo. 

O preço médio dos carros foi calculado com base em dois modelos: o Volkswagen Golf e o Toyota Corolla, além dos custos médios com combustível, seguro e manutenção dos modelos antes da comparação com a média de salário anual. O resultado revela a porcentagem do salário médio anual de cada país necessária para que um indivíduo compre e mantenha um carro. 

Continua após a publicidade

Ter um carro no Brasil é muito caro – e já sabemos disso

Ao fazer o balanço, um dos aspectos mais importantes da conta é o salário. Em países com salário médio anual mais baixo, o preço para manter um automóvel pedirá uma fatia maior da renda do cidadão.

A Turquia ficou com o posto de país mais caro do mundo para manter um modelo. No país turco (onde os carros são sobretaxados) é necessário mais de seis vezes a média anual do salário para que um indivíduo possa manter um carro. Em segundo lugar está a Argentina e, em terceiro, a Colômbia.

Trânsito em avenida retratado com pela traseira dos modelos
O Brasil se apresentou como 5º pior país em relação as condições para comprar um veículo. Para comprar e manter um carro por aqui é necessário mais de quatro vezes o salário médio anual de um cidadão Carlos Hauck/Quatro Rodas

O Brasil ainda fica atrás do Uruguai e ocupa a quinta colocação, com 441,89%. Ou seja: para que o brasileiro tenha condições de comprar um carro e mantê-lo com seguro, combustível e manutenção, é necessário ganhar mais de quatro vezes o salário médio anual daqui. 

Para os curiosos, entre os cinco países mais caros para se manter um automóvel, sete estão localizados na América Latina.

10 países onde é mais caro ter e manter um carro:

1- Turquia 652,29%
2 – Argentina 515,77%
3 – Colômbia 508,93%
4 – Uruguai 443,68%
5 – Brasil 441,89%
6 – Ucrânia 413,78%
7 – Guatemala 355,94%
8 – Rússia 290,04%
9 – México 285,20%
10 – Costa Rica 269,83%

 

Países com os preços carros mais acessíveis

De acordo com o estudo, a Austrália se apresentou como o país mais “barato” para comprar e manter um carro. Por lá, o cidadão desembolsa, em média, 49% do seu salário médio anual para comprar um carro. 

VW Golf GTI vermelho visto de trás
A Austrália ficou em primeiro lugar como país que possui as condições mais acessíveis para que um cidadão compre e mantenha um veículo Divulgação/Quatro Rodas

Os Estados Unidos ficaram com a segunda colocação. No país, pouco menos de 55% do salário médio anual é capaz de pagar as despesas de um carro. Na terceira colocação, a Dinamarca requer 60,34% do salário médio anual para que o cidadão consiga manter seu automóvel. 

10 países onde é mais barato ter e manter um carro:

1 – Austrália 49,48%
2 – Estados Unidos 54,87%
3 – Dinamarca 60,34%
4 – Canadá 64,40%
5 – Suécia 75,84%
6 – Alemanha 78,44%
7 – Holanda 84,65%
8 – França 87%
9 – Reino Unido 89,36%
10 – Finlândia 91,58%

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Edição de julho
A edição 747 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Quatro Rodas/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade