Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

BMW i3 ganha cerimônia especial para a entrega das últimas unidades

As unidades pintadas em preto e dourado comemoram os 250.000 i3 vendidos em todo mundo em mais de oito anos de produção, o elétrico mais vendido da BMW

Por Isadora Carvalho Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
8 ago 2022, 13h41

Acabou e não vai ter mais. No início do ano confirmamos que o BMW i3 sairia de linha e que sua produção na fábrica de Leipzig, Alemanha, seria encerrada até o fim de julho. De fato, isso aconteceu.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

E para prestar uma homenagem ao carro elétrico mais vendido da BMW – também um dos mais vendidos do mundo – a marca reuniu os últimos 18 exemplares do i3 nas instalações da BMW Welt, em Munique, na Alemanha. 

bmw-i3-final-models (3)
(Divulgação/BMW)

Cada carro ostenta a mesma pintura, Galvanic Gold e preto, como um tributo ao sucesso de longa data do BMW i3. A cerimônia também marcou a entrega de cada unidade aos sortudos proprietários que terão uma parte da história eletrificada da BMW na garagem. 

Como tudo começou

O hatchback chegou ao mercado em 2013, oferecendo autonomia elétrica entre 130 quilômetros e 246 quilômetros em toda a sua produção.

bmw-i3-final-models (4)
(Divulgação/BMW)

Ao todo, a BMW vendeu mais de 250.000 exemplares do BMW i3 em todo o mundo, precisamente 74 países, o que o torna o veículo eletrificado de maior sucesso da marca até hoje em termos de vendas e um dos elétricos mais bem-sucedidos de todos os tempos.

“No início de sua produção em série, oito anos e meio atrás, era considerado visionário e exótico”, disse a BMW em comunicado. “Desde então, o veículo compacto com tração elétrica se estabeleceu como pioneiro no prazer de dirigir localmente livre de emissões e na sustentabilidade holística”.

Continua após a publicidade
bmw-i3-final-models (1)
(Divulgação/BMW)

Possível substituto

A fábrica de Leipzig será responsável pela fabricação da nova geração do BMW Série 2 Active Tourer e, a partir de 2023, passará a fabricar a nova geração do Mini Countryman em versões híbrida e elétrica.

Compartilhe essa matéria via:

Na visão da BMW, a tendência é que quem buscar um elétrico urbano encontrará nos Mini elétricos ou em um futuro BMW iX1 uma opção mais prática e espaçosa.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.