Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novo BMW Série 2 Active Tourer estreia com telas curvas e versões híbridas

Monovolume da BMW ganha melhorias tecnológicas e se prepara para nova versão híbrida que chegará em 2022

Por Joaquim Oliveira Atualizado em 5 out 2021, 20h19 - Publicado em 5 out 2021, 19h49
BMW Serie 2 Active Tourer
Nova BMW Série 2 Active Tourer Divulgação/BMW

O primeiro sinal de que estamos diante de uma nova geração vem da grade maior e das colunas dianteiras mais inclinadas na comparação com o anterior, mas os mais atentos irão também reparar num estilo de janela lateral esticado, nas maçanetas embutidas, na iluminação de leds (de série nos faróis e nas lanternas) mais finas e nas colunas C mais estreitas. Os tubos de escape passaram a estar integrados na saia traseira e longe da vista em todas as versões e há rodas de liga leve de 16’’ ou 17’’ de série, além das de 19’’ opcionais.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Por dentro a evolução é evidente e segue as pautas definidas pelo recente BMW iX, numa tendência de simplificação do desenho e da redução do número de comandos físicos, cada vez mais forte na indústria automotiva. Os elementos fundamentais são os finos displays integrados para o quadro de instrumentos (10,25”) e a central multimídia (10,7”), ligeiramente curva para uma consulta dos dados mais fácil para o condutor.

Também o apoio de braço “flutuante” com painel de controle integrado e um um nicho por baixo, enquanto a zona à sua frente abriga um amplo porta-copos e um novo porta-celulares, que os deixa à mostra e tem carregamento por indução opcional.

Console central deixa celular bem à mostra
Console central deixa celular bem à mostra Divulgação/BMW

No entanto, a BMW continua a usar o HUD (sistema de projeção de informações diante do condutor) em uma lâmina vidrada, em vez da mais sofisticada projeção no para-brisas que já existe em modelos deste segmento mesmo “não-premium” (Toyota Yaris Cross, por exemplo).

Lâmina do head-up display chama atenção sobre o painel
Lâmina do head-up display chama atenção sobre o painel Divulgação/BMW

Estreia de central multimídia

É a primeira vez que o novo sistema operacional iDrive 8.0 é usado num modelo compacto da BMW, permitindo usufruir dos novos gráficos e disposição de ícones dos menus, além do Assistente Pessoal Inteligente com mais funções.

Painel do novo BMW Série 2 Active Tourer
Painel do novo BMW Série 2 Active Tourer Divulgação/BMW

A navegação baseada nos dados da nuvem, a câmera interna que tira e envia fotos para smartphones durante a viagem e o novo chip de dados embutido (eSIM), preparado para funcionar com 5G, são outras evoluções que melhoram a experiência a bordo do Active Tourer.

Modelos já vêm com suporte à conexão 5G
Modelos já vêm com suporte à conexão 5G Divulgação/BMW
Continua após a publicidade

São vários os tipos de bancos e revestimentos, além de existirem opções como regulação elétrica e função de massagem. Nesse caso, passa a existir um novo airbag entre os dois bancos dianteiros, para evitar que condutor e passageiro dianteiro colidam um com o outro na sequência de um acidente.

Bancos têm até massageador embutido
Bancos têm até massageador embutido Divulgação/BMW

Com os encostos dos bancos traseiros (que podem deslizar ao longo de trilhos de 13 cm) na posição mais avançada, a capacidade do porta-malas aumenta até 90 litros. A partição 40:20:40 permite flexibilizar o transporte de carga e de passageiros, com a capacidade de carga variando de 470 l a 1455 l (no 218i e 218d) e de 415 l a 1.405 l no 220i e 223i Active Tourer. A abertura elétrica e automática da tampa do porta-malas é de série, e o suporte para reboques vem como opcional.

De 136 a 218 cv e dois híbridos plug-in

Versão mais potente do novo Série 2 Active Tourer supera 200 cv
Versão mais potente do novo Série 2 Active Tourer supera 200 cv Divulgação/BMW

As versões de tração dianteira têm quatro opções de motores, variando entre 136 cv e 218 cv. A transmissão automática Steptronic de sete velocidades e dupla embreagem agora é de série em todos os Série 2 Active Tourer (na geração anterior também havia versões com caixa manual de seis velocidades e caixa automática de oito velocidades com conversor de torque).

Versão híbrida plug-in chegará no ano que vem
Versão híbrida plug-in chegará no ano que vem Divulgação/BMW

Entre os principais destaques há o novo processo de combustão e o sistema de dupla injeção (direta e indireta) de todos os motores a gasolina, além da nova versão do sistema híbrido leve de 48V do 223i e 220i, onde um motor elétrico integrado na transmissão automática complementa o motor de gasolina com um “empurrão” de 19 cv (o rendimento máximo total é de 218 cv no 223 e de 170 cv no 220i). 

Segunda fileira pode ser rebatida de modo independente
Segunda fileira pode ser rebatida de modo independente Divulgação/BMW

As versões 218i (136 cv) e 218d (150 cv) estão também disponíveis desde o lançamento, enquanto será preciso esperar até o meio do ano que vem pelas versões híbridas plug-in, que prometem melhor desenvoltura e alcance 100% elétrico ampliado.

Porta-malas para uma tour de verdade
Porta-malas para uma tour de verdade Divulgação/BMW

Os engenheiros alemães também fizeram algumas melhorias no chassi, que dispõe de bitolas mais largas, diferencial com deslizamento limitado (que melhora a tração e a estabilidade) e sistema de bloqueio integrado — todos de série — enquanto os amortecedores elevados na suspensão dianteira são opcionais, tal como a suspensão adaptativa M (que inclui seleção da frequência de amortecimento, direção esportiva e uma redução de 15 mm da altura ao solo).

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa 749
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade