Clique e assine por apenas 8,90/mês

Boeing 747 são vendidos com preços mais baratos que Chevrolet Onix

Em crise, Iran Air leiloar doze aeronaves com lance mínimo partindo dos R$ 50.000; lista inclui Boeing raros e cinco Airbus

Por Daniel Telles - Atualizado em 12 set 2020, 14h28 - Publicado em 11 set 2020, 12h31
Airbus A300 da Iran Air: companhia está leiloando aeronaves antigas Divulgação/Internet

O Chevrolet Onix é o carro mais vendido do Brasil há ano – e custa R$ 55.990 na versão de entrada Joy, ainda da geração anterior. Agora, imagine comprar um avião por esse valor (ou até menos).

Pois isso é (em teoria) possível, caso você participe do leilão da companhia Iran Air, que desativou boa parte da frota de 42 aeronaves após a pandemia da Covid-19 e a queda na demanda por voos.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Não bastasse a crise na aviação, a empresa sofre com os embargos internacionais impostos ao Irã. Ao todo, a empresa irá leiloar 12 aeronaves antigas e que já estão fora de operação há anos.

Entre os modelos disponíveis, há três raros Boeing 747SP, dois 747-200, três Airbus A300-B2K e dois A310-200.

Continua após a publicidade
Jumbo 747SP é o mais “caro” do leilão Divulgação/Internet

O mais barato deles é um Boeing 747-200, prefixo EP-IRR, com lance inicial de R$ 52.000. O jato é de 1974 e foi entregue pelos EUA à própria Iran Air quando os países ainda mantinham relações amigáveis.

Já o mais caro deles é o Boeing 747SP, mais conhecido como Jumbo. A aeronave tem lance inicial fixado no equivalente a R$ 142.000. Ou seja, menos que o valor pedido por um Jeep Renegade Longitude 2.0 diesel, que R$ 146.990.

Antes da crise, a companhia aérea operava vôos para grandes capitais europeias, como Londres, Roma e Paris, além de destinos na Ásia e Oriente Médio.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas

 

Continua após a publicidade
Publicidade