Guia de Usados: Chevrolet Cobalt

A geração anterior do sedã recém-atualizado é uma das escolhas mais racionais para famílias em busca de espaço de sobra

Chevrolet Cobalt LTZ 2012 01

O Cobalt – que acaba de receber um facelift que o encareceu bastante – foi a resposta da GM para o nicho de sedãs baratos e espaçosos, como Renault Logan e Nissan Versa. Simples e funcionais, eles viraram objeto de desejo de quem queria um carro para a família e não ligava para um belo design ou acabamento esmerado. O exemplo de casa salta aos olhos: o Cobalt oferece mais espaço a ocupantes e bagagem que o Cruze (do qual herdou o volante e os botões), bem mais caro e refinado. Mas o interior é repleto de plástico, que, verdade seja dita, é de boa qualidade e com encaixes bem-feitos.

Rodando, nota-se que a suspensão é bem acertada e oferece um ótimo compromisso entre conforto e estabilidade. O capricho na execução do projeto aparece no competente isolamento acústico e no câmbio, acionado por cabos, que proporcionam engates suaves e precisos.

A versão mais procurada é a top LTZ: só ela traz espelhos e vidros traseiros elétricos, computador de bordo, rodas de liga, faróis de neblina e USB com Bluetooth. Se a grana estiver curta, prefira a intermediária LT: é a partir dela que ABS e airbag duplo são oferecidos como itens de série.

Chevrolet Cobalt LTZ 2012 02

Ambas são impulsionadas pelo Econo.Flex 1.4 de 102/97 cv: seu rendimento é só mediano. Quem anda carregado pode levar o Econo.Flex 1.8: ele é um pouco mais potente (108/106 cv), mas seu torque de 17,1 mkgf é bem superior aos 13 mkgf do 1.4. Há a opção do câmbio automático de seis marchas: bem escalonado, é o mesmo do Cruze e ajuda a reduzir  o consumo e o nível de ruído. Atenção à LS: era a favorita das locadoras por oferecer um mínimo de conforto (ar e direção), mas sem ABS e airbag até 2014. É identificada pela ausência dos vidros dianteiros elétricos e maçanetas e espelhos sem pintura.

Para fazer jus aos três anos de garantia, veja se todas as revisões foram feitas. A manutenção é facilitada por uma rede de quase 600 autorizadas, mas alguns reparos (como o do câmbio automático) são caros. A maioria das peças é encontrada a pronta entrega e sempre aceita conceder um desconto se você pechinchar.

ONDE O BICHO PEGA

Câmbio: a transmissão automática de seis marchas é robusta e confiável, mas pode apresentar problemas, como a demora para engate das marchas após a seleção na alavanca, especialmente o da ré. O conserto pede uma mão de obra especializada e quase sempre fica acima dos R$ 5 000.

Arrefecimento: nos motores 1.4, preste atenção na conservação da mangueira superior do radiador, no lado esquerdo do coletor de escapamento. Se houver estufamento ou rachaduras, o componente deve ser substituído, conserto que custa em torno de R$ 100.

Embreagem: De acionamento hidráulico, pode deixar o pedal mais duro, por desgaste precoce do atuador, que custa R$ 190. As concessionárias costumam substituir o conjunto em garantia.

Recall 1: O suporte do pedal de freio dos carros fabricadas de maio de 2013 a junho de 2013 foi afetado por falha na solda de fixação. O chamado envolve os chassis de DB323045 a DB335478 e de EB104832 a EB111963.

Recall 2: Unidades produzidas de junho de 2014 a julho de 2014 apresentaram parafusos fora de especificação na fixação de motor e câmbio. Os veículos têm chassi de FB105045 a FB121919.

Recall 3: Uma falha de vedação da porca que fixa a bomba de combustível atingiu os sedãs montados entre fevereiro de 2011 e outubro de 2013. Os números de chassi vão de DB323045 a DB335478 e de EB104832 a EB111963.

A VOZ DO DONO

Nome: Elisandra Soares

Idade: 38 anos

Profissão: funcionária pública

Cidade: São Paulo (SP)

O que eu adoro: “ele é gostoso de dirigir, não dá dor de cabeça na manutenção, tem um acabamento interno caprichado e é bem equipado. É um carro feito para curtir a estrada em família: cabem todos e mais um pouco”

O que eu odeio: “o consumo de combustível é elevado. Poderia ser mais econômico se tivesse um motor mais atual. E também poderia ser mais bonito: quem disse que carro bom tem que ser feio?”

Preço médio dos usados
Modelo 2012 2013 2014 2015
LS 1.4 R$ 31 470 R$ 33 685 R$ 35 591 R$ 37 744
LT 1.4 R$ 32 649 R$ 35 070 R$ 36 588 R$ 40 758
LTZ 1.4 R$ 34 681 R$ 36 574 R$ 39 711 R$ 44 367
LT 1.8 R$ 37 155 R$ 39 727 R$ 43 410
LTZ 1.8 R$ 37 601 R$ 41 754 R$ 47 480
LT 1.8 automático R$ 38 102 R$ 40 309 R$ 46 799
LTZ 1.8 automático R$ 40 472 R$ 43 085 R$ 48 598
Preço das peças
Peças Original Paralelo
Para-choque (dianteiro) R$ 744 R$ 850
Farol (cada um) R$ 760 R$ 700
Retrovisor (cada um) R$ 727 R$ 660
Discos de freio (par) R$ 580 R$ 260
Pastilhas de freio (jogo) R$ 180 R$ 300
Kit de embreagem R$ 592 R$ 750
Amortecedores (os quatro) R$ 1 342 R$ 1 100

NÓS DISSEMOS

Novembro de 2011: “com entre-eixos de 2,62 metros (…) tem uma cabine muito espaçosa. Na dianteira e na traseira, os ocupantes viajam com conforto: os dados divulgados pela GM indicam que o Cobalt tem as medidas internas (para pernas, ombros e cabeça) muito próximas das do folgado e espaçoso Renault Logan”

PENSE TAMBÉM EM UM…

Toyota Etios Sedã

Toyota Etios Sedã 2012

Mesmo menor, ele reserva espaço para três adultos no banco traseiro e um porta-malas de ótimos 562 litros. Pesando 150 kg a menos, seu motor 1.5 16V (92/97 cv) apresenta rendimento superior em desempenho e consumo, e a dirigibilidade é favorecida pela direção precisa e suspensão bem acertada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s