Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Peugeot 208 usado tem design francês, mecânica Fiat e parte dos R$ 59.000

Bem equipado, o hatch francês fabricado na Argentina usa motores confiáveis para reunir muitas virtudes e poucos problemas

Por Felipe Bitu Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 nov 2023, 00h54 - Publicado em 31 out 2023, 06h40

Maior, mais largo e mais baixo que o antecessor, o Peugeot 208 de segunda geração chegou no final de 2020. O espaço interno é adequado para quatro adultos e o porta-malas tem apenas 265 litros. As suspensões seguem o padrão dianteira McPherson e traseira por eixo de torção, com um acerto suave que não compromete o comportamento dinâmico.

Quatro Rodas está nos Canais do WhatsApp; clique e participe!

A versão de maior sucesso é a Allure, com o motor 1.6 16V flex de 118/115 cv, com câmbio automático de seis marchas. Traz ar-condicionado digital e automático, airbags frontais e laterais, carregador de celular, partida por botão e rodas aro 16. Mas fique atento: em meados de 2021 a versão perdeu teto solar, quadro de instrumentos digital e airbags de cortina.

Peugeot 208 2021 (21)
Peugeot 208 Griffe tem preço inicial de R$ 94.990 (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Quem pode deve investir um pouco mais na versão Griffe, que adiciona sensor de chuva, sensor de estacionamento, câmera de ré, faróis full-led automáticos, alerta de colisão, frenagem autônoma, leitor de placas, detector de fadiga e alerta de mudança de faixa.

Versão topo de linha do 208 flex se destaca pelo aerofólio preto
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

Com preço mais em conta, a versão Active perde os airbags de cortina, mas mantém o ESP, DRL de led, rodas de 16” de liga leve, vidros, retrovisores e travas elétricas, central multimídia com tela de 7”, volante multifuncional, piloto automático, computador de bordo e assistente de partida em rampa.

208
Hatch tem 2,54 m de entre=eixos (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Está com o orçamento limitado? Abra mão do câmbio automático e considere a versão Like, com câmbio manual de cinco marchas. Diga adeus às rodas de liga leve, mas mantenha o que importa: controles de tração e estabilidade, quatro airbags, piloto automático, ar-condicionado digital, central multimídia com tela de 7”, volante multifuncional e vidros e retrovisores elétricos. Esta, porém, saiu de linha em 2022.

Compartilhe essa matéria via:

Em 2022, o 208 ganhou duas versões impulsionadas pelo motor 1.0 6V Firefly de 75/71 cv: Like e Style, sempre com câmbio manual de cinco marchas. A primeira traz central de 10”, DRL de led, quatro airbags e ar-condicionado digital. A segunda vem com teto, faróis full-led, rodas aro 16 e câmera de ré .

Continua após a publicidade
Peugeot 208
208 foi um dos primeiros do segmento a ter régua interligando lanternas (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Evite a rara versão Like Essencial, ainda mais procurada por locadoras (que, por sinal, andaram comprando muitos Peugeot 208). E considere a série especial Roadtrip: é basicamente um 208 Active recheado de equipamentos.

Apesar das críticas aos propulsores, o 208 se beneficiou da facilidade de manutenção: são motores consagrados e bem conhecidos por qualquer reparador e a grande oferta de peças afasta a fama negativa que os Peugeot ganharam nas oficinas ao longo dos anos.

Peugeot
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

Principais problemas do Peugeot 208 de 2ª geração:

Central multimídia – Em muitos casos ocorre o descolamento dos componentes internos, causando toques involuntários. O reparo não tem sido coberto pela rede autorizada e pode custar de R$ 450 a R$ 800 em técnicos especializados.

Freios – A maior parte dos 208 conta com transmissão automática, que naturalmente exige mais dos freios: pedal trepidando em velocidades mais altas é indício de disco empenado.

Suspensão – Recomenda-se trafegar em ruas de piso irregular para identificar folgas em buchas de bandeja, batentes e bieletas. Verifique também se os amortecedores não apresentam vazamento.

Continua após a publicidade

Transmissão automática – O câmbio Aisin não prevê a substituição do fluido, apenas verificação periódica do nível. Mas fique atento: contaminação do líquido de arrefecimento do motor é um indício de que o resfriador do fluido da transmissão está deteriorado.

Recall – Substituição da bomba de combustível (chassis NG516542 até NG518309) e verificação do eixo traseiro (chassis MG510819 até MG704358). Consulte a rede autorizada para checar se os procedimentos foram realizados.

O que dizem os donos de Peugeot 208:

O que eu adoro:

“Muito bonito e confortável, a suspensão é superequilibrada. A ergonomia é um ponto alto, contribui muito para a dirigibilidade e o prazer ao volante. A central multimídia é de excelente qualidade e tamanho.”

O que eu odeio:

“O motor antiquado deixa a desejar em rendimento: falta torque em rotações mais baixas e o consumo não é dos melhores. O nível de ruído na estrada incomoda: o isolamento acústico poderia ser mais caprichado.”

Nome: Elvio Cavalcante Barbosa
Idade: 36 anos
Profissão: empresário
Cidade: São Paulo (SP)

Continua após a publicidade

Preço médio dos Peugeot 208 usados (KBB):

PReço-médio-Peugeot-208
(Reprodução/Quatro Rodas)

Preço das peças do Peugeot 208

Peças Peugeot 208
(Reprodução/Quatro Rodas)

Nós dissemos:

QR_737_CARRO_LINHA_PEUGEOT_208
(Reprodução/Quatro Rodas)

Setembro de 2020  “Seu pacote de equipamentos já inclui aquilo que se tornou padrão entre os hatches compactos: quatro airbags, controles de estabilidade e tração, central multimídia com tela de 7 polegadas, Android Auto e Apple CarPlay, vidros elétricos, volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade e retrovisores com ajuste elétrico. (…) Os faróis são halógenos, mas as luzes diurnas de led estão mantidas.”

Pense também em um:

Volkswagen Polo
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

Volkswagen Polo O Polo leva vantagem sobre o 208 no espaço interno e no porta–malas de 300 litros. Vem sempre com ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas e freios ABS. Os motores são os consagrados três-cilindros 1.0 de 84 cv; quatro-cilindros de 1.6 e 117 cv; três-cilindros 1.0 turbo e 128 cv; e quatro-cilindros turbo de 1,4 litro e 150 cv, exclusivo da versão esportiva GTS.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.