Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Novo Chery iCar Pro tem 95 cv e 408 km de autonomia por menos de R$ 70.000

Subcompacto elétrico chinês ganha autonomia e potência e adota estilo muito mais alinhado ao mercado nacional, mesmo sendo vendido na Ásia

Por Eduardo Passos
Atualizado em 29 nov 2022, 09h06 - Publicado em 29 nov 2022, 07h45

Um dos elétricos mais baratos do Brasil, o Caoa Chery iCar ganhou nova versão… na China. No maior mercado do mundo para carros elétricos, o pequenino Chery iCar Pro estreou há cinco dias, quatro meses após ter sido apresentado com o nome de Chery QQ Pro e melhorias substanciais.

A principal delas está no conjunto de células da bateria, que ganhou incrementos em dois níveis diferentes. A Chery não divulgou a capacidade energética, mas informou que as versões básicas do iCar Pro terão alcance de 301 km, enquanto as mais caras terão 408 km — até 126 km a mais que os 282 km declarados do modelo vendido no Brasil.

Traseira repete o estilo nas peças de iluminação
Traseira repete o estilo nas peças de iluminação (Reprodução/Dongchedi)

Os modelos com menor autonomia têm motor elétrico de 74 cv e 12,3 kgfm, enquanto as versões de topo usarão um motor mais robusto, com 95 cv e 15,3 kgfm. A título de comparação, o Caoa Chery iCar dispõe de 61 cv e 15,3 kgfm.

Painel do subcompacto ficou bem mais discreto
Painel do subcompacto ficou bem mais discreto (Reprodução/Dongchedi)

Outro ponto de intensa modificação foi na carroceria, que ganhou até maçanetas retráteis nas duas portas e rodas aerodinâmicas, à moda do BMW i4. A linha de cintura e outras formas curvilíneas deram lugar a superfícies planas e retas.

Detalhes em cinza, como o difusor traseiro, foram substituídos por cores mais sóbrias que, curiosamente, costumam ser usadas justamente quando os modelos chineses são adaptados para o Brasil.

O mesmo vale para as cores dos bancos
O mesmo vale para as cores dos bancos (Reproduçãoo/Dongchedi)

Além disso, há estilo parecido no conjuntos de faróis e lanternas, com DRLs e refletores que formam um desenho de machado tanto à frente quanto na traseira.

Continua após a publicidade

Também houve atualizações na cabine do iCar Pro, que prioriza os tons de preto no estofamento e decoração. O quadro de instrumentos foi substituído por uma tela flutuante e as saídas de ar agora são filetadas, camufladas no painel. Uma espichada na traseira permitiu ter um pequeno porta-malas mesmo com os bancos traseiros armados.

Versão topo de linha custa o equivalente a R$ 84.000
Versão topo de linha custa o equivalente a R$ 84.000 (Reprodução/Dongchedi)

O grande destaque vai para a central multimídia que, além de agora ser horizontal, é equipada com hardware da Qualcomm e software da Huawei, signficando, na prática, muito mais poder de processamento e recursos de conectividade. Completando o pacote, há itens como sistema de câmeras 360º e ajuste elétrico dos bancos.

Compartilhe essa matéria via:

As atualizações são feitas sobre a mesma plataforma de alumínio do iCar vendido no Brasil, o que quer dizer que a versão Pro também tem toda a carroceria revestida com painéis plásticos. Com pesados subsídios do governo chinês, o preço do Chery iCar Pro parte de aproximadamente R$ 67.000, na conversão direta.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.