Clique e assine por apenas 8,90/mês

Teste de produto: economizador de combustível HyperGauss

Pode um ímã reduzir em 20% o consumo? Claro que não!

Por Fernando Garcia - Atualizado em 9 jan 2018, 18h16 - Publicado em 12 dez 2017, 16h17
O aparelho é instalado na mangueira de combustível
O aparelho é instalado na mangueira de combustível Silvio Gióia/Quatro Rodas

Com o preço da gasolina cada vez maior, é tentador ver na internet produtos que garantem economia de combustível. Nunca faltam argumentos que defendam sua eficácia: alguns interagem quimicamente com a gasolina e outros regularizam a faísca da vela. Mas o tipo mais comum é o magnético, como é o caso do japonês HyperGauss.

De acordo com informações do vendedor (ele só é encontrado no Mercado Livre), trata-se de uma peça tubular de alumínio de 6 cm de comprimento por 3,5 cm de altura, em cujas extremidades há ímãs de neodímio (Nd). Sua grande vantagem estaria na redução de 20% no consumo.

Como não havia clareza nas informações no site quanto às restrições do tipo de veículo em que poderia ser instalado o HyperGauss, questionamos o vendedor. “Funciona em qualquer tipo de motor que utiliza combustível fóssil”, garantiu ele.

O milagre da economia, segundo a descrição contida no site (na embalagem só encontramos as instruções em japonês), estaria na ação do campo magnético que desobstrui qualquer agente dispersante contido na mangueira por onde passa o combustível. Dessa maneira, com os dutos livres, a passagem do líquido seria facilitada, tendo como consequência a redução no consumo.

A instalação não é complicada, mas antes é preciso localizar a mangueira de combustível. O HyperGauss é formado por suas duas metades, que são unidas por parafusos ou abraçadeiras plásticas que acompanham o kit. Então, é necessário separar as duas partes, colocar a mangueira de combustível no meio e fechá-las, como um sanduíche.

Utilizando um Renault Sandero Stepway 1.6 16V 2017 abastecido com gasolina, resolvemos testar o HyperGauss em nossa pista em Limeira (SP). Sem o economizador, nosso carro registrou 13,0 km/l na estrada e 10,0 km/l na cidade. Após a instalação do HyperGauss, repetimos o mesmo procedimento padrão e os números foram praticamente os mesmos: 13,0 km/l no perímetro rodoviário e 10,2 km/h no urbano. A diferença no resultado urbano é desprezível e está dentro da tolerância de variação entre passagens.

Continua após a publicidade

Comercializado pelo Mercado Livre por R$ 69 (fora o frete, que varia de R$ 20 e R$ 30), o HyperGauss mostrou que está longe da promessa de economizar combustível. 

Avaliação – Economizador de combustível Hypergauss

Divulgação/Internet

Cumpre o que promete?: Não

Nota: 0

Comentário: Ele prometia redução no consumo de até 20%. No nosso teste de pista, passou longe disso.

Preço médio: R$ 69

Compra: mercadolivre.com.br

Continua após a publicidade
Publicidade