Clique e assine por apenas 8,90/mês

Qual é a influência do peso no consumo de um automóvel?

Estudo indica que redução de 10% na massa de um veículo compacto pode diminuir consumo de combustível em até 4,6%

Por Da Redação - Atualizado em 24 jan 2018, 18h17 - Publicado em 3 nov 2017, 19h18
Porta-malas da Zafira comporta 600 litros e permite melhor disposição da bagagem
Não tem segredo: quanto maior o peso, maior será o consumo de combustível Jonas Tucci/Quatro Rodas

Qual é a influência do peso no consumo de um automóvel? Um passageiro a menos reduz em quanto o consumo? – Natan Junior, Curitiba (PR)

A influência é direta: quanto mais pesado estiver o veículo, maior será o gasto de combustível para uma mesma rota e perfil de condução.

Como explica Clayton Zabeu, membro da Comissão Técnica de Motores Ciclo Otto da SAE Brasil, se aumentarmos em 20% a massa total de um veículo com o acréscimo de carga ou passageiros, seu sistema de propulsão (trem de força = motor + transmissão) deverá proporcionar 20% a mais de força nas rodas para que seja atingida a mesma aceleração. Mas o quanto esse esforço extra do motor se traduz em consumo?

Segundo um trabalho publicado pelo Argonne Lab, conceituado laboratório dos Estados Unidos, em veículos compactos há uma redução da ordem de 4,6% no consumo de combustível para cada 10% de redução de massa total de veículo (carro, passageiros e carga).

Continua após a publicidade

Já para modelos médios, essa diminuição fica em 4,1% de consumo para cada 10% de redução de massa total de veículo.

Assim, em um hatch compacto que tem massa em ordem de marcha de 950 kg carregando duas pessoas, motorista e passageiro (70 kg cada = 140 kg), o conjunto teria uma massa transportada de 1.090 kg.

Se retirássemos o passageiro, a diminuição da massa total seria de 6,4%, o que daria, segundo a regra da Argonne Lab, uma redução do consumo de 2,9%. Portanto, um automóvel que fizesse 14,6 km/l passaria para 15,0 km/l.

Publicidade