Clique e assine por apenas 8,90/mês

Correio Técnico: quanto gastam as diferentes lâmpadas do farol do carro?

Consumo elétrico varia de acordo com a tecnologia usada na iluminação automotiva

Por Rodrigo Ribeiro - Atualizado em 6 dez 2019, 08h00 - Publicado em 6 dez 2019, 07h00
Uma tendência entre os faróis de led é a tecnologia matricial, que estreou nos Audi Acervo/Quatro Rodas

Qual é o consumo de energia do farol halógeno, de xenônio e de led? leitor Eduardo Sabedotti Breda, Curitiba (PR)

O consumo varia entre as marcas, mas a mais econômica sempre será a de led. O custo, porém, é inversamente proporcional ao gasto com eletricidade.

Enquanto uma lâmpada halógena para farol baixo custa a partir de R$ 30, uma de led pode custar dez vezes esse valor.

Segundo Leonardo Figueiredo, gerente de produtos da Lumileds, empresa da Philips Automotive, uma lâmpada halógena gasta em média 55 W, uma de xenônio, 35 W e uma de led, 15 W.

Continua após a publicidade

No mercado há as três opções para modelos originais de fábrica, mas para carros usados é possível regulamentar apenas faróis de led, e isso somente até 1º de janeiro 2021.

Após a data, a legislação não permitirá nenhuma alteração no sistema. Além das três tecnologias, as marcas vêm adotando também o sistema a laser, específico para o facho alto.

Sem reparo

Os trocadores de calor dos leds (parte prateada abaixo do diodo) podem gerar muito calor Osram/Divulgação

Outro problema para os faróis de led de fábrica é que sua construção não é feita pensando na reposição dos diodos. Como eles são feitos para terem a mesma vida útil do automóvel, se houver uma falha ou queima, quase sempre é necessária a troca completa do conjunto.

O calor gerado pelos dissipadores desses dispositivos também gera um desafio extra para as fabricantes. Neste caso é preciso pensar no espaço para colocar os trocadores de calor e evitar que ele fique próximo à componentes sensíveis a temperaturas elevadas.

Continua após a publicidade

Tem outras dúvidas? Envie sua pergunta para correiotecnico@abril.com.br!

Publicidade