Clique e assine por apenas 8,90/mês

Correio Técnico: o freio regenerativo ativa ou não a luz traseira?

Sistema permite reduzir a velocidade do carro sem usar o freio convencional por atrito

Por Rodrigo Ribeiro - 11 fev 2019, 09h00
Nos novos elétricos a luz de freio pode ser acionada mesmo sem pisar no pedal Divulgação/Nissan

Em carros elétricos, a luz de freio é acionada ao tirar o pé do acelerador e usar a frenagem renegerativa? – Ben Hur Lopes de Oliveira, Brasília (DF)

Sim, mas só quando a desaceleração do carro é igual ou superior a uma frenagem convencional.

Na prática, porém, isso ocorre a maior parte do tempo, pois o novo Nissan Leaf (e também o Jaguar I-Pace e BMW i3) oferece um modo intenso de freio regenerativo.

Esses sistemas reaproveitam ao máximo a energia cinética do carro em frenagens, transformando-a em elétrica enquanto reduz a velocidade do veículo.

Continua após a publicidade

Assim, é possível dirigir usando somente o acelerador, deixando o pedal do freio apenas para frenagens mais intensas. Porém, por conta da eficiência do sistema, a luz de freio pode ficar acesa mesmo se o pedal não tiver sido acionado.

Segura aí

Botão de acionamento do recurso Auto Hold
O Auto Hold mantém o carro parado (e com as luzes de freio acesas) mesmo quando o motorista não pisa no pedal Marco de Bari/Quatro Rodas

Outra situação em que a luz de freio é acionada sem que o motorista precise pisar no pedal é em modelos equipados com Auto Hold. O sistema mantém o carro parado mesmo quando o motorista solta o freio, e é mais comum em carros automáticos.

Neste caso a luz permanece acesa para alertar os outros condutores de que o veículo está parado. Carros dotados de assistente de partida em rampa também mantém a luz acionada enquanto o motorista não retoma o movimento do veículo.

E na última década diversos modelos passaram a adotar luzes de freio intermitentes, que piscam rapidamente em caso de frenagens de emergência.

Publicidade