Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Correio técnico: pode-se usar água do mar no radiador do carro?

Em situações de emergência, a água do mar até pode ser utilizada no sistema de arrefecimento, mas o dono do veículo corre risco de danificar o modelo

Por Leonardo Barboza 4 set 2021, 10h01
Ford Escort XR3 Conversível na praia visto de frente
A água do mar é rica em sais minerais, o que provoca corrosão Acervo/Quatro Rodas
Em uma emergência, eu poderia colocar água do mar no sistema de arrefecimento para poder mover o veículo do local e depois fazer toda a limpeza do arrefecimento ou jamais eu posso fazer isso?

Clauber de Souza – Lagoinha (CE)

Quem responde sobre a utilização de água do mar no sistema de arrefecimento é o engenheiro Arley Barbosa da Silva, da empresa Promax Bardahl. De acordo com ele, essa não é a melhor alternativa para uma emergência, principalmente por conta dos sais presente na água do mar.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90.

“Não é recomendável. A água do mar é rica em sais minerais, o que provoca corrosão, inclusive a eletrolítica.” De acordo com ele, o desafio é indicar um tempo mínimo para rodar nessa condição e também ter a garantia de que, ao realizar a limpeza, toda a água salgada tenha sido removida.

Caso toda a água salgada não seja removida, é possível que o motor do veículo sofra um dano interno severo por conta da corrosão.

  • Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade