Clique e assine com até 75% de desconto

Correio técnico: O que fazer com bateria de carro elétrico no fim da vida?

Baterias podem ser reparadas mas também podem ser reutilizadas servindo como fonte de energia estacionária

Por Redação 22 out 2020, 13h13
Em vez do conjunto, só alguns módulos da bateria podem ser reparados Acervo/Quatro Rodas

O que fazer com as baterias dos carros elétricos, já que é inviável trocá-las ao fim da sua vida útil? – Luiz Lima, Ilha Solteira (SP)

É possível, sim, reparar células individuais ou componentes do conjunto de baterias dos veículos híbridos e elétricos.

Porém, no Brasil, nenhuma montadora indica esse reparo mesmo com o devido diagnóstico.

Na Califórnia (EUA), isso é muito comum nas oficinas independentes.

“O melhor uso para baterias usadas é para energia renovável, como armazenamento estacionário, em que não são exigidos ciclos de carga e descarga profundos. Esse tipo de aplicação permite até o dobro de anos de vida adicional na segunda utilização. Vide o exemplo do Powerwall, a bateria doméstica da Tesla, e das telhas fotovoltaicas da mesma montadora”, explica Ricardo Takahira, do comitê de veículos elétricos e híbridos da SAE Brasil.

  • “Se elas foram usadas dez anos em um automóvel, podem ser utilizadas até mais 20 anos no mínimo como estacionárias nas indústrias e residências.”

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade