Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Como saber se está na hora de trocar os amortecedores do carro?

Os amortecedores não têm validade, podem durar muito ou muito pouco. É preciso estar atento ao comportamento do carro para saber quando substituir

Por Leonardo Barboza 9 mar 2022, 08h30
Como sei que chegou a hora de trocar os amortecedores?

Fernando Leme, Palma (MG)

Os amortecedores podem durar quilometragens elevadas, de até 150.000 km, dependendo das condições de trabalho, que, por sua vez, estão ligadas ao estado dos pisos em que o carro roda, à carga que o veículo transporta e ao estilo de condução do motorista, entre outras variáveis.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Para saber a hora de trocar, o motorista deve observar se ocorrem mudanças no comportamento do carro. O sinal mais nítido é dado pela carroceria.

Se ela passa a oscilar mais, afundando a frente quando o carro freia ou empinando quando o carro acelera, e lateralmente nas curvas. Cuidado!

Carro que trepida muito em oscilações da pista ou cuja traseira balança mais que gelatina pode indicar que chegou a hora. Se ao entrar em uma curva parece que o veículo desgarra e joga a traseira, também deve ser culpa do amortecedor.

Ruídos toda vez que a suspensão trabalha é outro indício. E, se ao encarar o buraco mais inocente, a suspensão dá final de curso (ouve-se uma batida seca), pode levar o veículo imediatamente  a uma concessionária ou oficina. 

Bem cuidado, o amortecedor passa dos 100.000 Km

Continua após a publicidade

 

Outra dica é fazer um exame visual dos amortecedores, procurando sinais de desgaste e vazamentos de óleo, e conferindo também o estado de outros componentes da suspensão, incluindo os pneus, que podem apresentar desgaste irregular. Se ainda assim restarem dúvidas, consulte um profissional.

Pressionar a traseira do carro revela o estado do amortecedor?

Muita gente que dá a dica de testar o amortecedor assim: pressiona a traseira duas vezes para baixo e a solta bruscamente. Rege a cartilha que, se a suspensão balançar para cima e para baixo muitas vezes, o amortecedor já era.

Não é bem assim. Não chega a ser um mito, porém é uma avaliação  subjetiva, pois depende das características da suspensão de cada veículo.

O que trocar com o amortecedor?

Existe um kit que inclui ainda buchas, parafusos de fixação, coxins e batentes. O amortecedor gasto não implica necessariamente que os outros itens estejam comprometidos e tenham de ser trocados.

Especialistas, no entanto, recomendam que se renove o conjunto.

Afinal, já que está mudando o amortecedor, manter coxins e batentes velhos talvez comprometa a vida útil do novo componente no conjunto. Mas desconfie de orçamentos extensos que incluam molas e bandejas da suspensão.

Nesse caso, peça ao técnico que mostre onde está o desgaste das peças e procure outra concessionária ou loja especializada para ter uma segunda opinião.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês