Clique e assine por apenas 8,90/mês

Autodefesa: pneus do Chevrolet Tracker se deterioram antes dos 20.000 km

Donos do SUV reclamam de delaminação nos pneus e dizem que GM orienta procurar a Continental, que costuma fazer a troca em garantia

Por Waldez Carmo Amorim - Atualizado em 16 mar 2020, 09h03 - Publicado em 16 mar 2020, 07h00
Devanir: “Pneus escamaram após apenas 14.000 km” Alexandre Battibugli/Quatro Rodas

O que explica um pneu com menos de 20.000 km apresentar um tipo de desgaste acentuado que parece escamas (tecnicamente chamado delaminação)?

É o que se perguntaram alguns donos do Chevrolet Tracker atual, importado do México com pneus Continental 205/70 R16 ou 215/55R18. 

“Os pneus do meu Tracker LT 2017 começaram a escamar quando o carro tinha apenas 14.000 km. A concessionária da GM mandou que eu procurasse a Continental, pois disse que isso não era com eles”, conta o técnico em TI Devanir Lima Teixeira, de São Paulo (SP).

“Depois de muito insistir, a Continental decidiu trocar os quatro pneus.”

Continua após a publicidade
Defeito aos 20.000 km… Alexandre Battibugli/Quatro Rodas

Assim como aconteceu com  Devanir, ao levar o veículo a uma autorizada Chevrolet, os proprietários são sempre orientados a reclamar com um representante da Continental.

“Descobri o problema na revisão dos 20.000 km. A revenda da Continental enviou as fotos à fábrica e pediram 15 dias para dar uma resposta. Passado esse tempo, me ligaram dizendo que trocariam os quatro pneus”, explica o analista de automação Fernando Ross Ortega, de Londrina (PR), dono de um Tracker LTZ 2017.

Escamação mais leve aos 18.000 Alexandre Battibugli/Quatro Rodas

No total, entrevistamos sete proprietários que relataram esse tipo de problema, mas numa rápida busca na internet encontramos mais 13 casos.

Consultada, a GM não respondeu até o fechamento desta edição, mas a Continental Pneus do Brasil afirmou que menos de 1% do total dos veículos deste modelo vendidos no Mercosul apresentou algum questionamento de desempenho.

Continua após a publicidade
Problema se tornou grave aos 45.000 km Alexandre Battibugli/Quatro Rodas

Disse ainda que os pneus do tipo all-season são homologados pela GM no México e atendem a todos os requisitos estabelecidos pela montadora no país.

“Muito embora pneus all-season possam ser aplicados no mercado local e não necessariamente apresentem a condição mencionada (delaminação), é fato que são pneus mais sensíveis a situações mais severas de utilização, sensibilidade essa que pode ser elevada pelo estilo de direção. Para consumidores cujos pneus dos veículos apresentaram esse tipo de condição, a Continental disponibiliza o modelo ContiPremiumContact 2, mais resistente à perda de material por ação mecânica”, afirma a empresa.

O povo reclama

Pedi para fazer o rodízio na revisão de 20.000 km e percebi que os pneus estavam escamando. Depois de fazerem o laudo, consegui a troca dos quatro pneus em garantia.” Fernando Ross Ortega, Londrina (PR), dono de um Tracker LTZ 2017

Os pneus do meu carro começaram a escamar com 14.000 km. Na concessionária disseram para eu ir à Continental. Na representante do fabricante do pneu, disseram que o problema é com a concessionária.” Devanir Teixeira,  São Paulo (SP), proprietário de um Tracker LT 2017

Continua após a publicidade

“A revenda da Continental disse  que esses pneus não foram testados no Brasil.” Luiz Daniel Lins Bittencourt,  Maceió (AL), tem um Tracker LT 2017

Publicidade