Clique e assine por apenas 8,90/mês

Autodefesa: Jeep Compass com problemas elétricos

Pane no SUV apaga farol, desliga o motor e deixam os proprietários parados na rua

Por Waldez Carmo Amorim - 26 abr 2018, 14h21
Jeep Compass
“O motor desligou e ligou sozinho”, diz Mauro Cruz Alexandre Battibugli/Quatro Rodas

Panes que desligam o motor com o veículo em movimento e faróis que acendem e apagam sozinhos, assim como o painel, são as principais queixas que encontramos quando se digita no Google “problemas elétricos do Jeep Compass”.

As falhas ocorrem sem nenhum aviso, como explica o proprietário Mauro Sérgio Cruz, de São Paulo (SP). “Estava dirigindo com o piloto automático ativado quando o motor desligou e ligou sozinho”, afirma o dono de um Compass Longitude 2017.

Além das falhas, aparecem alertas no painel, como aconteceu com o representante comercial Nelsneir Neves de Aguiar, de São Paulo (SP). “Assim que retirei meu Compass Longitude 2017 da concessionária, acendeu uma luz vermellha, solicitando a verificação do motor, e depois a amarela, que indica avaria na injeção eletrônica.

Após rodar alguns quilômetros, as borboletas do câmbio atrás do volante deixaram de funcionar e as marchas não trocavam mais”, lembra Nelsneir. Depois de várias visitas à autorizada, ele ouviu que não havia problema algum. “Agora, só uso o Compass para rodar na cidade e viajo apenas com meu outro carro.”

Outro problema comum ao SUV é o apagão das luzes do quadro de instrumentos, defeito que já ocorreu com o Compass da nossa frota de Longa Duração. A especialista em TI Cláudia Sawada, de São Paulo (SP), diz que a luz de injeção acendeu, o motor deixou de funcionar no meio da rua e o painel apagou. “Tive de levar meu Compass para a concessionária no guincho.”

Continua após a publicidade

Na maioria dos casos, as falhas eletrônicas podem ser solucionadas ao colocar o câmbio em Neutro, desligar e religar o motor várias vezes até ele voltar a funcionar, como contaram funcionários de concessionárias e uma parte dos 35 proprietários consultados para esta reportagem.

Questionada sobre os casos apurados, a Jeep diz que não “há dados indicativos suficientes” para concluir que existe “vício de produto no sistema elétrico dos Jeep Compass”.

Em nosso teste de Longa Duração, apesar dos elogios à motorização diesel e ao conforto, outro problema elétrico que incomoda é o acionamento involuntário do farol alto quando o motorista tenta utilizar o pisca para sinalizar mudança de direção.

O POVO RECLAMA

“Assim que comprei meu Compass, apareceu no painel um alerta de defeito no start-stop. Levei o carro à concessionária, e o técnico disse que não era um problema grave e não quiseram me atender.” – Vicente Barsted, engenheiro, Rio de Janeiro (RJ)

“Quando eu estava  estacionando, o motor do carro desligou, mas deixou ligadas as luzes do painel, o rádio e o ventilador.Em outras oportunidades, tive dificuldade para ligar e desligar o carro, pois o botão de partida não funcionava.” – Walfrêdo Galvão Filho, oficial do Exército, João Pessoa (PB)

Continua após a publicidade
Publicidade