Clique e assine por apenas 8,90/mês

Teste: Nissan Kicks SV Limited, na caça aos líderes

Vendida a R$ 84.790, nova versão intermediária perde itens importantes, mas permanece atraente

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 3 mar 2017, 16h04 - Publicado em 24 fev 2017, 18h41

O Kicks é uma espécie de azarão dos SUVs compactos. À exemplo do que ocorre com o March, no seara dos compactos, e Sentra, entre os sedãs médios, a Nissan não chega a causar desconforto nos líderes da categoria – apesar de ambos os produtos terem qualidades notáveis.

Mas quando se fala no segmento da moda, o Kicks causa mais do que incômodo – é uma verdadeira pedra no sapato de HR-V e Renegade. Das 10.712 unidades emplacadas de agosto a dezembro, o modelo teve seu melhor resultado justamente no último mês de 2016, quando ficou atrás apenas do Honda e do Jeep.

Parte desse feito pode ser atribuído ao lançamento da versão intermediária SV Limited. Apresentada ao público durante o Salão do Automóvel de São Paulo, a novidade está nas concessionárias desde novembro por R$ 84.900 – representando para o consumidor uma economia de R$ 7.000 frente à SL.

Rodas aro 17 são idênticas às da versão top
Rodas aro 17 são idênticas às da versão top Christian Castanho/Quatro Rodas

Se você liga para as aparências, fique tranquilo: por fora é impossível diferenciar as versões. Apenas por dentro notam-se as diferenças entre elas. Alguns itens importantes foram suprimidos, como os airbags laterais e do tipo cortina, revestimento em couro (substituído no painel por um aplique plástico de boa qualidade imitando fibra de carbono) e sensor de luminosidade dos faróis.

Continua após a publicidade
Sem couro, mas com acabamento de qualidade
Sem couro, mas com acabamento de qualidade Christian Castanho/Quatro Rodas

Marca registrada do Kicks, o teto laranja também virou exclusividade da versão SL. Os demais itens continuam lá, incluindo controles de estabilidade e de tração, câmera de ré (mas sem visão em 360 graus), painel com tela de 7 polegadas, destravamento das portas e partida sem chave e ar digital.

Painel manteve a tela digital de 7 polegadas na nova versão
Painel manteve a tela digital de 7 polegadas na nova versão Christian Castanho/Quatro Rodas

Nenhuma mudança foi feita no conjunto motor-transmissão, formado pelo conhecido 1.6 16V flex de 114 cv e câmbio do tipo CVT. Beneficiado pelo baixo peso (1.133 kg), o carro não fica atrás dos concorrentes 1.8, andando mais e consumindo menos do que o Jeep Renegade: o Kicks leva 12 segundos para ir de 0 a 100 km/h e faz 10,9 km/l na cidade e 14,4 km/l na estrada, contra 14,3 segundos, 9,5 km/l e 12 km/l do Jeep.

Câmera de ré perdeu a prática função de visão de 360 graus
Câmera de ré perdeu a prática função de visão de 360 graus Christian Castanho/Quatro Rodas

Apesar do comportamento progressivo, o câmbio sobe o giro excessivamente e aumenta demais o nível de ruído na cabine quando o motorista acelera fundo. A suspensão filtra bem os buracos e não deixa a carroceria rolar nas curvas, lembrando o comportamento equilibrado do March.

Mesmo perdendo conteúdo, o Kicks SV ainda seduz quem quer um SUV compacto, principalmente por custar menos que Jeep Renegade Longitude (R$ 91.990), Hyundai Creta Pulse 2.0 AT (R$ 92.490) e Honda HR-V EX (R$ 93.000).

Continua após a publicidade

Se a conta ainda está salgada, vale esperar pela versão de entrada do Kicks, prevista para estrear no segundo trimestre – quando também será iniciada a produção local, em Resende (RJ).

Teste de pista (com gasolina)

  • Aceleração de 0 a 100 km/h: 11,9 s
  • Aceleração de 0 a 1.000 m: 34,1 s
  • Retomada de 40 a 80 km/h (em D): 5 s
  • Retomada de 60 a 100 km/h (em D): 7,1 s
  • Retomada de 80 a 120 km/h (em D): 9 s
  • Frenagens de 60 / 80 / 120 km/h a 0: 15,5 / 28,7 / 63,5 m
  • Consumo urbano: 10,9 km/l
  • Consumo rodoviário: 14,4 km/l

Ficha técnica – Nissan Kicks SV Limited 1.6 16V

  • Preço: R$ 84.900
  • Motor: flex, diant., transv., 4 cil., 1.598 cm3, 16V, 114/114 cv a 5.600 rpm, 15,5/15,5 mkgf a 4.000 rpm
  • Câmbio: automático, CVT, tração dianteira
  • Suspensão: McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.)
  • Freios: discos ventilados (diant.) / tambor (tras.)
  • Direção: elétrica
  • Rodas e pneus: 205/55 R17
  • Dimensões: comprimento, 429,5 cm; largura, 176, cm; altura, 159 cm; entre-eixos, 261 cm; peso, 1.142 kg; tanque, 41 l; porta-malas, 432 l
Publicidade