Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Raio de ação

Por Redação 7 nov 2011, 14h18

Por Péricles Malheiros

20040 km

Pensamos em dar uma esticada até Lima, a capital do Peru, mas logo surgiu a dúvida: onde e quantas vezes deveríamos parar para manter o J3 no plano de manutenção de fábrica? Ao consultar o site da empresa, o alerta: apesar de indicar autorizadas em 50 locais, muitos são meros pontos de venda, com concentração nas regiões Sul e Sudeste, limitando o alcance da rede. Há ainda um importante impedimento técnico para a viagem: a calibração da central eletrônica da injeção é compatível apenas com a gasolina brasileira, E25 – com adição de até 25% de etanol.

Com garantia de seis anos, o JAC pede que todas as revisões – a cada 10 000 km – sejam comprovadas no livreto de manutenção. Há ainda a necessidade de uma troca de óleo entre cada revisão. Assim, quem compra o JAC precisa parar numa autorizada a cada 5 000 km, com tolerância de 1 000 km para mais e para menos. Ou seja, se o dono não se incomodar de programar a viagem em função do hodômetro, o intervalo permite uma viagem de ida e volta de até 7 000 km. Quanto à incompatibilidade com a gasolina “pura” dos países vizinhos, a solução pode vir com a versão flex, prevista para o segundo semestre de 2012, quando o motor passará de 1,3 litro para 1,5. Segundo fonte ligada à JAC, a central flex está sendo calibrada para o uso de gasolina E0.

A JAC ressaltou que no início das operações no Brasil, em março, a marca possuía 50 concessionárias. “Hoje são 55 e até dezembro serão 80. Até o fim de 2012, estaremos com 150 pontos”, diz Sergio Habib, presidente da JAC.

Continua após a publicidade

Em sua jornada dentro do Brasil, o J3 tem ido bem. Os problemas elétricos que duraram meses foram, de fato, resolvidos. No último mês, ele passou pela troca de óleo dos 15 000 km (87 reais) e pela revisão dos 20 000 km (120 reais), quando pedimos ainda o alinhamento e balanceamento e o rodízio de pneus (por 75 reais). Ambos foram feitos a contento e o carro foi devolvido no mesmo dia.

Consumo

No mês (23% na cidade): Gasolina – 12,8 km/l

Desde mai/11 (29,3% na cidade): Gasolina – 11,9 km/l

De fácil acesso, o compartimento de bagagem facilita a acomodação de malas grandes (esq.) | Pé na estrada: valente, econômico e movido apenas a gasolina, o J3 tem autonomia ampla (dir.)

Continua após a publicidade

Publicidade