Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Quartos de despejo

Por Redação 4 mar 2011, 19h06

44375 km

O Agile se aproxima dos 50 000 km apresentando pequenos mistérios mecânicos. Depois do reservatório de direção hidráulica que vaza “naturalmente”, segundo as concessionárias, chegou a vez do reservatório de óleo. Segundo o manual do carro, ele comporta exatamente 3,25 litros de lubrificante. Entretanto, com apenas 3 litros, a vareta de verificação do lubrificante já acusa o nível máximo.

Se tivéssemos efetuado a troca em qualquer outro lugar que não uma revenda, teríamos comprado 4 litros e pedido para colocar a quantidade indicada no manual. Só que não efetuamos nenhum serviço recomendado pelo fabricante a não ser em um de seus representantes diretos, os
concessionários. Foi em nossa última troca de óleo, na Anhembi, que recebemos a dica: 3 litros são suficientes para o carro rodar sem susto. Insistimos com o consultor técnico, perguntando se não seria necessário comprar mais 1 litro de óleo para completar com os 250 mililitros a mais especificados no manual, mas ele nos garantiu que não. E mostrou o nível de óleo na marcação mais alta da vareta. Excesso de óleo pode provocar problemas como carbonização dos pistões, perda de rendimento (já que as velas podem ficar impregnadas de lubrificante), vazamentos (pelo excesso de pressão), inutilização do catalisador e diminuição da vida útil do filtro de vapor de óleo.

Questionamos o fabricante a respeito do assunto, assim como a respeito do reservatório de direção hidráulica, mas ainda não obtivemos nenhuma resposta oficial sobre qualquer um dos problemas. Só torcemos para que a marca nos responda antes que surja algum novo mistério mecânico.

Consumo:

No mês (24,5% na cidade): Álcool – 8,8 km/l

Desde mar/10 (36,7% na cidade): Álcool – 8,4 km/l

Continua após a publicidade

Publicidade