Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova S10 muda na forma e no conteúdo, mas mantém preços

Além do facelift, picape ganha novos equipamentos e melhorias mecânicas

Por Paulo Campo Grande - Atualizado em 23 nov 2016, 20h56 - Publicado em 25 abr 2016, 10h00
Chevrolet S10 High Country
Nova dianteira foi inspirada na Colorado americana

A Chevrolet S10 chega às lojas em maio renovada dos pneus ao capô. Não é uma nova geração, uma vez que a atual, lançada em 2012, está no meio do ciclo de vida. Mas as mudanças vão muito além do simples face-lift. A reestilização foi inspirada na prima americana Chevy Colorado, a S10 ganhou grade horizontal com faróis integrados, novos para-choques e capô com uma cavidade esculpida. Por dentro, o painel é inteiramente novo. Mudou o design e os materiais de acabamento. Além dessa mexida no visual, porém, a GM foi fundo em outras áreas.

Chevrolet S10 High Country
Câmera de ré fica integrada ? maçaneta da tampa da caçamba

Para reduzir o nível de ruído interno, a fábrica trocou os coxins do motor e todas as molduras das portas. Para melhorar a dirigibilidade, a direção hidráulica deu lugar a um sistema com assistência elétrica e a suspensão foi reprojetada (com alterações nas calibragens de molas e amortecedores e a troca das barras estabilizadoras). Os coxins da carroceria também são novos. Como disse a diretora de engenharia de produto, Fabiola Rogano, eles têm “alma metálica”, que nada mais é que um elemento interno que dá maior sustentação à borracha, que contribui para a estabilidade do conjunto. Ah!, os pneus mencionados no início do texto, têm novo composto, o que ajuda a reduzir o consumo de combustível – o segredo é a maior quantidade de sílica, que diminui a resistência ao rolamento.

Chevrolet S10 High Country
Novos pneus devem reduzir consumo de combustível

As novidades não param por ai. A GM também caprichou na oferta de equipamentos, como constatamos na avaliação da versão top de linha High Country. Entre os itens disponíveis essa versão traz sistema auxiliar de partidas em rampas, controle eletrônico de descida, alerta de colisão, aviso de mudança involuntária de faixa, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré, luzes de posição led, sistema de ignição à distância (comando na chave), central multimídia MyLink compatível com os sistemas CarPlay e Android Auto e sistema de monitoramento OnStar, com funcionalidades revistas e ampliadas.

Chevrolet S10 High Country
Interior traz novo painel e central multimídia MyLink

Chevrolet S10 High Country
Painel de instrumentos atenua o tom azulado do modelo anterior

Ao volante, a S10 ficou mais confortável e gostosa de dirigir. A direção elétrica tornou as manobras mais fáceis e, na estrada, o aperfeiçoamento da suspensão e da estrutura da carroceria deixou a picape mais estável e na mão do motorista.

Continua após a publicidade
Chevrolet S10 High Country
Mudanças melhoraram o conforto e a estabilidade

A S10 chega na linha 2017 em 13 versões, resultado da combinação de três cabines (simples com caçamba, simples com chassi e dupla), dois motores (flex e diesel), duas transmissões (manual e automática) e quatro padrões de acabamento (Chassi, LT, LTZ e High Country). Surpreendentemente, os preços não foram alterados em relação à tabela do modelo anterior. A cabine dupla na versão de entrada LT flex 4×2 M/T parte de R$ 97.890, enquanto a top de linha High Country diesel 4×4 A/T chega a R$ 167.490 – para saber mais sobre os preços da S10 e de suas concorrentes, clique aqui.

Chevrolet S10 High Country
Motor a diesel ganhou novos coxins para reduzir o nível de ruído

A nova S10 é um dos destaques da edição de maio de QUATRO RODAS. Como boas-vindas, submetemos a picape a um teste comparativo com as grandes rivais recentemente renovadas, Toyota Hilux e Ford Ranger. Não perca!

 

Publicidade