Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Mal me quer

Por Redação 2 dez 2013, 16h47

Por Péricles Malheiros

58 224 km

As tabelas de preços da Fipe são uma das principais referências do mercado de compra e venda de carros usados. Às vésperas do fechamento desta edição, elas indicavam que um EcoSport idêntico ao de Longa Duração (FreeStyle 1.6, manual, ano-modelo 2013), custava 53 890 reais. Um zero-quilômetro, ano-modelo 2014, sai por 61 500 reais.

Passando-se por proprietário do Eco, o estagiário André Paixão percorreu concessionárias e revendedores independentes de São Paulo simulando interesse em se desfazer do carro. A avaliação mais baixa veio da própria Ford, onde, na teoria, deveriam vir as melhores ofertas. Afinal, é interesse da marca que seus produtos não se transformem em micos de mercado. Na troca por outro Eco, a Superfor ofereceu 39 000 reais pelo carro usado, desvalorização de 36,1% em relação aos 60 990 reais pagos em dezembro de 2012, quando o SUV passou a integrar a frota de Longa Duração.

Na segunda concessionária Ford, a oferta melhorou. A Caoa João Dias – onde adquirimos o carro novo –, ofereceu 43 000 reais pelo Eco. “Mas esse preço só vale na troca por um novo”, ressaltou o vendedor da Caoa.

Entre lojas independentes, a RTA Veículos nos pagaria 42 000 reais, e a Auto Racing, 40 000 reais, ambos em uma operação de venda simples. Na Chevrolet Nova, oferta de 42 000 reais na troca por um Tracker, vendido com fila de espera de 60 dias e sobrepreço de 4 000 reais. A mesma proposta de 42 000 foi ouvida na Volkswagen Marcas Famosas, onde simulamos interesse na compra de um Golf. Nos ofereceram um Highline automático com pacote Elegance por 87 000 reais, 7 000 acima da tabela. A melhor oferta partiu da concessionária Renault A.R. Motors: “Pago 45 000 reais na troca por um Duster novo”, disse o vendedor. Ou seja, enquanto a rede Ford aplica uma desvalorização entre 29,5% e 36,1%, a Renault parou nos 26,2%.

Consumo

No mês (36,5% na cidade) – Etanol 8,3 km/l
Desde dez/12 (23,7% na cidade) – Etanol 7,9 km/l

Continua após a publicidade

Principais ocorrências

6 290 km Marcador de combustível indica nível abaixo do real
8 968 km alarme dispara com o carro estacionado sob chuva intensa
9 326 km substituição de braços e palhetas do para-brisa em garantia. Estavam trepidando
10 857 km Palheta do para-brisa voltou a vibrar
16 308 km Espelho do para-sol direito solto
16 645 km Portinhola de acesso ao bocal de abastecimento do tanque solta
17 669 km Borracha da porta traseira direita solta
18 565 km alarme dispara com o carro estacionado sob chuva intensa
24 792 km Portinhola de acesso ao bocal de abastecimento do tanque solta
24 901 km Marcador de combustível indica nível abaixo do real
36 909 km ar-condicionado fraco. Ganhou recarga de gás, mas voltou a enfraquecer
45 307 km Ruídos nas acelerações e retomadas. detectada ruptura no coxim do câmbio
45 358 km Portinhola de acesso ao bocal de abastecimento do tanque solta
57 939 km Lâmpada de freio direita queimada. compramos e trocamos por conta própria

Diário

649_longaeco_02

 

Trocamos a lâmpada de freio por conta própria. Pagamos 3 reais pelo reparo que a rede cobra 27

Continua após a publicidade

Publicidade