Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Longa Duração: Chevrolet Onix Plus sofre (de novo) por ser muito baixo

Chevrolet Onix Plus continua sofrendo como carros esportivos em obstáculos cotidianos, como rampas e lombadas

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 24 fev 2022, 09h45 - Publicado em 24 fev 2022, 09h43

Para um carro que está perto de chegar aos 80.000 km, e destes aproximadamente 55.000 foram percorridos em rodovias, até que o Chevrolet Onix Plus tem poucas marcas de pedradas na carroceria.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Contudo, uma olhada na parte de baixo do carro entrega as máculas dessa jornada, boa parte em virtude do sedã ser muito baixo. Some ao pequeno vão livre de 12,7 cm o longo balanço dianteiro e terá a explicação para as marcas dos dois lados do para-choque dianteiro.

O defletor aerodinâmico, que atualmente sofre raspões até nos SUVs, ficou deformado. O cárter do motor, que chegou a ser trocado após perfuração ao cair em buraco, já tem marcas de arranhões.

Mas o que motivou essa vistoria em um elevador foi o defletor de calor da tubulação do escapamento, que se dobrou. “Isso aconteceu ao passar em uma lombada meio quadrada com mais dois passageiros no carro.

Ele provavelmente já estava amassado e acabou puxado por essa lombada justamente em um ponto de fixação”, relatou o repórter Guilherme Fontana, que estava em viagem ao Rio de Janeiro. “Eu acredito que o vento e as chuvas que peguei retornando a São Paulo tenham agravado a situação do alumínio.”

Não é um acontecimento raro nos grupos de proprietários do Chevrolet Onix, onde há quem sugira a retirada da peça. Isso não pode ser feito, a não ser que o proprietário queira um bom reforço no aquecimento da cabine – ou ver alguns acabamentos derretendo. No caso do nosso carro, desamassamos a peça com facilidade.

Chevrolet Onix Plus – 78.750 km

Ficha técnica:
Versão: Premier 1.0 12V Turbo
Motor: 3 cilindros, dianteiro, transversal, 999 cm3, 12V, turbo, 116/116 cv a 5.500 rpm, 16,8/16,3 mkgf
a 2.000 rpm
Câmbio: Automático, 6 marchas, tração dianteira
Seguro: R$ 1.112 (Perfil Quatro Rodas)
Revisões: Até 100.000 km – R$ 7.122
Gasto no mês: Combustível: R$ 1.544
Consumo: No mês: 14,6 km/l com 30% de rodagem na cidade
Desde dez/19: 13,7 km/l com 29,9% de rodagem na cidade
Combustível: Flex (gasolina)

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Edição 754
Edição 754 Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês