Clique e assine por apenas 5,90/mês

Longa Duração: Mitsubishi Outlander e o risco do diesel estragar no tanque

O motor turbodiesel do Outlander pode ser o sonho de quem roda muito, mas na hora de ficar parado é necessário estar atento às condições do combustível

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 20 jul 2020, 19h12 - Publicado em 21 jul 2020, 07h00
Outlander: rodagem forçada para gastar o combustível Fabio Paiva/Quatro Rodas

A boa autonomia do Mitsubishi Outlander, proporcionada pela eficiência do motor turbodiesel e pelo tanque de 60 litros, é uma qualidade que acabou se voltando contra ele durante a quarentena.

O editor de arte Fabio Black vinha se limitando a sair de casa apenas para fazer compras em supermercados nos arredores desde o início das medidas de isolamento social. E o diesel no tanque começou a se aproximar da validade.

A forma como o diesel S10 mantém suas qualidades depende da temperatura, de seu armazenamento e do tempo em contato com o ar (mesmo no tanque).

A Agência Nacional de Petróleo não especifica uma validade, mas recomenda que sua conformidade seja analisada a cada 30 dias, enquanto a BR Distribuidora fala em até três meses de armazenamento, mas que seja feita análise antes do uso.

Em casos mais extremos, há condensação de água no tanque de combustível, o que estimula o crescimento de microrganismos, os quais se alimentam do óleo diesel, formando uma borra no fundo do tanque.

Na dúvida, para evitar problemas, Fabio pegou sua máscara e seu frasco de álcool em gel e rodou cerca de 300 km com o Outlander por São Paulo.

Para otimizar o esforço, os modos de economia do motor e da tração integral, mostrados na edição passada, permaneceram desligados.

Deu para consumir boa parte do combustível antes de fazer um novo abastecimento e ganhar mais tempo para ficar em casa.

Mitsubishi Outlander – 38.960 km

Ficha técnica:
Versão: 2.2 Turbodiesel HPE-S
Motor: 4 cilindros, dianteiro, transversal, 16V, 165 cv a 3.500 rpm, 36,7 mkgf a 7.500 rpm
Câmbio: Automático de 6 marchas, tração 4×4
Seguro: R$ 3.750 (Perfil Quatro Rodas)
Revisões: Até 60.000 km – R$ 8.248
Gasto no mês: Combustível: R$ 134
Consumo: No mês: 12 km/l com 100% de rodagem na cidade
Desde set/19: 12,1 km/l com 28,1% de rodagem na cidade
Combustível: Diesel S10

 

Continua após a publicidade
Publicidade