Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo BMW X3: mais refinado, espaçoso e conectado

Terceira geração do BMW X3 chega ao Brasil em março de 2018

Por Joaquim Oliveira, de Sintra (Portugal) - Atualizado em 20 nov 2017, 11h48 - Publicado em 16 nov 2017, 16h18
A geração mudou, mas o olhar intimidador permanece
A geração mudou, mas o olhar intimidador permanece Divulgação/BMW

Não se deixe levar pelas aparências quando o carro em questão for o novo BMW X3. À primeiro vista, parece que ele mudou pouco, que nada mais é do que uma mera reestilização.

Longe disso: trata-se de uma nova geração, que tem até plataforma própria, a CLAR, que a BMW estreou no atual série 7. É uma arquitetura modular, que usa materiais nobres, leves e de alta resistência (como fibra de carbono), o que contribui para a redução do peso (até 55 kg), apesar do aumento de dimensões e conteúdo.

O novo rival do Audi Q5 e Mercedes GLC cresceu 5,1 cm em comprimento (para um total de 4,72 m), 1 cm em largura e 1,5 em altura, enquanto o entre-eixos aumentou em 5,4 cm, o que se reflete na melhoria da habitabilidade, especialmente atrás. O porta-malas manteve seu volume em 550 litros.

Na cabine, a qualidade de construção e materiais é alta. O painel adota a configuração típica dos BMW atuais – em relação ao X3 anterior, ganhou uma central multimídia (de 10,2 polegadas) em posição mais elevada e voltada para o motorista.

Continua após a publicidade
Porção central do painel é voltada para o motorista
Porção central do painel é voltada para o motorista Divulgação/BMW

As versões mais completas oferecerão quadro de instrumentos com tela digital integral (12,3 polegadas) e controle gestual de algumas funções (de rádio e ar-condicionado, por exemplo).

Versão top de linha do X3 de nova geração terão uma nova central multimídia, com ajustes por comandos gestuais
Versão top de linha do X3 de nova geração terão uma nova central multimídia, com ajustes por comandos gestuais Divulgação/BMW

Novidade também na nomenclatura das versões: xLine, Luxury Line e M Sport. Todas têm bancos esportivos, ar-condicionado trizona, encosto dos bancos traseiros rebatíveis (40/20/40) e com inclinação ajustável e faróis com led.

Bancos tem bons apoios laterais no assento e no encosto
Bancos tem bons apoios laterais no assento e no encosto Divulgação/BMW
Banco traseiro é tripartido, em proporção 20/40/20
Banco traseiro é tripartido, em proporção 20/40/20 Divulgação/BMW

A família do novo SUV intermediário da BMW tem um amplo leque de motores. A oferta vai do xDrive 20d (4 cilindros, 2.0, 190 cv, diesel) ao M40i (6 cilindros, 3.0, 360 cv, gasolina). Já em 2018 chegam o X3 xDrive 30i (gasolina, 252 cv) e xDrive 20i (gasolina, 184 cv).

Todos esses motores funcionarão com a transmissão automática de oito marchas Steptronic (com conversor de torque), sempre com tração nas quatro rodas – em um futuro breve, porém, chegam as versões menos potentes e com tração apenas na traseira.

Continua após a publicidade
A nova geração do X3 tem preço estimado de 66.300 euros na Alemanha
A nova geração do X3 tem preço estimado de 66.300 euros na Alemanha Divulgação/BMW
SUV urbano apresenta distância ao solo de 20,4cm, ângulo de ataque de 25,7º, central de 19,4º e de saída de 22,6º
SUV apresenta distância ao solo de 20,4cm, ângulo de ataque de 25,7º, central de 19,4º e de saída de 22,6º Divulgação/BMW

UTILITÁRIO E ESPORTIVO

Na unidade avaliada, um X3 M40i, a suspensão é especial, com molas e amortecedores esportivos (e com ajuste de rigidez) e barras estabilizadoras mais espessas.

Ao rodar por estradas não pavimentadas, o novo X3 tem alguns atributos razoáveis para um SUV urbano: distância ao solo de 20,4 cm, ângulo de ataque de 25,7°, central de 19,4° e de saída de 22,6°.

Rodas aro 20: pneus 245/45 na frente e 275/40 na traseira
Rodas aro 20: pneus 245/45 na frente e 275/40 na traseira Divulgação/BMW

Durante o teste ao volante do novo X3 M40i (única versão com motor a gasolina presente no evento de lançamento mundial, em Portugal), deu para perceber que não será fácil encontrar uma associação mais feliz do que essa em toda a gama do novo SUV.

Continua após a publicidade

O motor dispara com prontidão logo acima do regime de marcha lenta, conservando esse vigor até quase 5.000 rpm (o torque máximo de 51 mkgf se mantém entre 1.520 rpm e 4.800 rpm.

Os números oficiais de performance (4,8 s de 0 na 100 km/h e 250 km/h de velocidade máxima) confirmam as boas impressões ao volante, sendo mais comuns em carros de corrida do que em veículos com aptidão para andar em pisos acidentados.

Extrator de ar dianteiro: estilo e funcionalidade
Extrator de ar dianteiro: estilo e funcionalidade Divulgação/BMW

A boa distribuição de massas entre os eixos (50% no dianteiro e 50% no traseiro) dá sua preciosa contribuição para que o X3 lide muito bem com sua envergadura (4,72 m de comprimento por 1,90 m de largura) e seu peso (quase 2 toneladas), mostrando sempre uma agilidade e uma segurança, de fato, surpreendentes.

A direção está entre as mais precisas e rápidas que já vimos em um SUV (talvez um Porsche Macan consiga estar no mesmo nível) e a competente suspensão (duplos triângulos à frente, multilink atrás) proporciona sempre conforto, mesmo no modo de condução Sport.

Continua após a publicidade

Aliás, o distanciamento no comportamento entre os modos de condução tornou o X3 muito mais versátil, apto para qualquer tipo de motorista, estrada ou situação. O test-drive incluiu uma passagem por uma pista off-road na serra de Sintra, nos arredores de Lisboa, durante o qual o X3 M40i não revelou nenhuma hesitação.

X3 xDrive M4oi: versão esportiva é a mais equipada
X3 xDrive M4oi: versão esportiva é a mais equipada Divulgação/BMW

No Brasil, a nova geração do X3 estreia em março de 2018. Consultada, a BMW do Brasil diz que estudos para a viabilidade da montagem do novo X3 por aqui estão em curso, mas garantiu que as duas gerações não serão ofertadas simultaneamente.

Em outras palavras, até março a montagem do X3 (que hoje começa em R$ 230.950) na fábrica de Araquari (SC) se encerra e só volta quando (e se) o mercado melhorar.

O SUV vai de 0 a 100Km/h em 4,8 segundos
O SUV vai de 0 a 100Km/h em 4,8 segundos Divulgação/BMW

Veredicto

Continua após a publicidade

A terceira geração do X3 manteve o desenho austero e elegante, mas está mais moderna e conectada com o motorista.

FICHA TÉCNICA – BMW X3

  • Preço: 66.300 euros (na Alemanha)
  • Motor: gasolina, dianteira, longitudinal, 6 cilindros em linha, 2.998 cm3, 24V, 82 x 94,6 mm, 11:1, 360 cv a 5.500 rpm, 51 mkgf a 1.520 rpm
  • Câmbio: automatizado, 8 marchas, tração 4×4
  • Suspensão: triângulos duplos sobrepostos (dianteira), multilink (traseira)
  • Freios:  discos ventilados (dianteira e traseira)
  • Direção: elétrica
  • Rodas e pneus: 245/45 R20 (dianteira) e 275/40 R20 (traseira)
  • Dimensões: comprimento, 471,6 cm; largura, 189,7 cm; altura, 167,6 cm; entre-eixos, 286,4 cm; peso, 1.885 kg; tanque, 65 l; porta-malas, 550 l
  • Desempenho: 0 a 100 km/h em 4,8 s, velocidade máxima, 250 km/h
Publicidade