Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Exercício simulado

Por Redação Atualizado em 26 dez 2016, 18h58 - Publicado em 18 out 2011, 10h50

Por Péricles Malheiros

14318 km

O JAC J3 ainda não completou cinco meses em nossa frota, mas fizemos uma simulação de venda para “testar” o mercado. Fomos a cinco lojas e oferecemos o hatch como parte de pagamento na troca por modelos mais caros.

A Chevrolet Absoluta recusou o chinês numa negociação com a Meriva Maxx 1.4. “Não estamos aceitando importados”, foi a explicação dada pelo vendedor. Com um pouco de insistência, ele nos disse que até fecharia, mas pagaria tão pouco que não queria correr o risco de nos “ofender”. Insistimos mais um pouco e conseguimos um genérico “entre 20 000 e 25 000 reais”.

A segunda tentativa foi na loja independente Ekipo, onde obtivemos a melhor avaliação: 29 000 reais na troca por um Civic 2008.

Continua após a publicidade

Fomos à Peugeot Pavillon e oferecemos o JAC na troca por uma 207 Escapade. Conseguimos 27 000 reais e um pedido de desculpas. “Se não fosse a quilometragem alta, poderia melhorar um pouco a proposta”, disse o avaliador. Na Brasilwagen, da Volks, 26 000 reais na compra de um Polo Sedan zero-quilômetro. O vendedor alegou que o J3 seria revendido por 31 000 reais. A Fipe informa 32 402 reais como referência, mas a média dos classificados na internet é de 34 000 reais.

Na JAC Vila Guilherme, nós nos anunciamos como interessados na troca pela minivan da marca, a J6. Para fazer a avaliação, a loja exigiu os documentos do carro. Para não arriscar o sigilo da “paternidade”, não os apresentamos. Voltamos para a Editora Abril e fizemos uma cotação na mesma loja por telefone. “Pagamos cerca de 29000 reais, mas preciso ver o carro para dar um valor final”, disse o atendente.

O hatch também passou pela revisão dos 10 000 km. Agendamos uma visita à unidade da Vila Olímpia e lá informaram o mesmo valor do site, 99 reais. Pelo serviço de alinhamento, balanceamento e rodízio cobraram outros 75 reais. Total da conta: 174 reais.

Consumo

No mês (26% na cidade): Gasolina – 12 km/l

Desde mai/11 (31,9% na cidade): Gasolina – 11,6 km/l

Como o 3008, o J3 também precisou passar por um reparo de para-brisa após uma pedrada (esq.); Tecido aveludado retém fibras das roupas. Para limpar os bancos é preciso usar um adesivo (dir.)

Continua após a publicidade

Publicidade