Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Conta revisada e diminuída

Por Redação 28 set 2010, 19h02

14735 km

Em sua primeira revisão, a de 10 000 km, o Agile testou, pela quarta vez, a rapidez do “novo serviço Chevrolet” – as outras foram por ruídos e pela troca de óleo dos 5 000 km. Na concessionária Carrera Higienópolis, em São Paulo, o serviço foi expresso: deixamos o carro pela manhã e retiramos no fim do dia, após um agendamento prévio. Tão rápido que quase não tivemos tempo de decidir quais itens seriam retirados do salgado orçamento inicial.

A primeira conta totalizava 659 reais e incluía a limpeza do sistema de injeção, descarbonização do motor, aditivo de combustível e aditivo para o reservatório do limpador de para-brisa, tradicionais personagens da empurroterapia. E que encareciam a conta em 153 reais. Outros itens, também opcionais, eram a higienização do sistema de ar-condicionado e a troca do filtro de ar da cabine, que aumentaram a conta em 192 reais. Esses nós aceitamos.

Por fim, o total saiu por 458 reais. Além da limpeza do ar-condicionado e do filtro de cabine, faziam parte da conta 4 litros de óleo semissintético 5W30 (26,60 reais cada um), filtro de ar do motor (15,20 reais), filtro de óleo (18,64 reais) e filtro de combustível (24,60 reais). A mão de obra foi gratuita, enquanto o alinhamento e o balanceamento saíram por 100 reais. E o serviço, além de rápido, foi bem feito.

Descontados os valores do filtro de ar de cabine e da limpeza de ar-condicionado, a revisão nos custou 266 reais. É um valor próximo do encontrado no Chevrolet Prisma 1.4 que passou pela frota de Longa Duração e gastou 223 reais em sua primeira revisão, na concessionária Ricavel, de Barueri (SP).

Consumo

No mês (29,4% na cidade): Álcool – 8,6 km/l

Desde mar/10 (31% na cidade): Álcool – 8,1 km/l

Continua após a publicidade

Publicidade