Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

BYD terá picape híbrida com porte da Ranger no Brasil ainda em 2024

Picape híbrida combinará motor 1.5 turbo com dois elétricos para ter força de diesel e 1.000 km de autonomia

Por Henrique Rodriguez, de Shenzhen (China)
Atualizado em 18 jan 2024, 19h09 - Publicado em 18 jan 2024, 19h04

Ainda sem nome e com apresentação esperada para o Salão de Pequim, em abril, a primeira picape da BYD já está praticamente pronta. Com o porte de uma Ford Ranger (embora o visual remeta a uma F-150), trata-se de uma picape média híbrida e vem sendo tratada como um produto estratégico para mercados como Austrália, México e Brasil.

Em visita à China, pudemos notar que protótipos da picape são figura fácil nas redondezas da sede da BYD em Shenzhen enquanto fazem testes de rodagem. São unidades com níveis diferentes de maturidade e de camuflagem. Mas esta unidade apenas com adesivos em pontos localizados chamou nossa atenção enquanto parada em um estacionamento.

BYD Pick-up 2024 DM-I
Grade aparenta ter barra iluminada acima, interligando as lanternas, como na F-150 Lightning (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Como revelam as fotos, a grade tem um grande “BYD” no centro, algo completamente diferente do que se vê em outros carros da marca. Ainda não se sabe se a picape será parte da série Ocean ou da série Dinasty, que na China são vendidas em concessionárias diferentes.

Compartilhe essa matéria via:
BYD Pick-up 2024 DM-I
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Na traseira, os adesivos encobrem a barra no topo da tampa da caçamba que tem a função de interligar as lanternas. A caçamba tem boas dimensões e iluminação interna, e a cabine mantém o quadro de instrumentos digital flutuante e a central multimídia com tela de 15,6 polegadas giratória, mas seu console central tem alças ao redor do seletor de marcha e de botões de controle das funções do carro.

Picape híbrida com 500 cv contra as diesel

BYD Pick-up 2024 DM-I
Há unidades com diversos níveis de disfarce (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Parte da expectativa pela picape média da BYD se deve ao fato de ela ser híbrida plug-in. Será a primeira vez que a fabricante vai aplicar sua mecânica DM-I em um veículo comercial. Combinando o motor elétrico e o motor a combustão, a picape da BYD terá cerca de 500 cv.

Continua após a publicidade
BYD Pick-up 2024 DM-I
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Na verdade, tudo depende dos motores escolhidos. Neste caso, um motor 1.5 turbo trabalhará em conjunto com um motor elétrico montado na dianteira, enquanto outro motor instalado na traseira, entre o conjunto de suspensão independente com molas helicoidais, será o responsável por tracionar as rodas de trás.

Continua após a publicidade
BYD Pick-up 2024 DM-I
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Essa concepção dispensa o uso de um cardã, o que seria um problema: a bateria é fixada sob a cabine, entre as longarinas do chassi. Espera-se uma bateria de grande capacidade, com direito a recarga rápida, pois a previsão é que a picape da BYD tenha uma autonomia elétrica de 100 km e autonomia total de 1.000 km em modo híbrido. É a solução encontrada para ter a mesma força e a mesma autonomia de picapes com motor turbodiesel.

BYD Pick-up 2024 DM-I
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

O lançamento global da picape média da BYD está previsto para o segundo semestre de 2024 e existe a possibilidade de que seja lançada no Brasil ainda neste ano. Na Austrália, a expectativa é que o modelo custe algo ao redor dos 100.000 dólares australianos, cerca de R$ 324.000 no câmbio atual – o preço de uma Ford Ranger Raptor no país.

BYD Pick-up 2024 DM-I
Motor elétrico vai entre a estrutura da suspensão traseira independente (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Para 2025, a intenção da BYD é lançar uma versão elétrica da sua picape. Mas pode atrasar: o desafio será encontrar a equação certa entre potência, capacidade da bateria, capacidade de carga e autonomia do veículo.

Continua após a publicidade
BYD Pick-up 2024 DM-I
Bateria é montada sob a cabine e aparenta ser grande para um carro híbrido (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.