Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Caminhão elétrico é uma das poucas novidades da Fenatran

Feira de veículos utilitários e pesados reúne alguns lançamentos, caminhões antigos e séries especiais

Por Vitor Matsubara 16 out 2017, 18h30
Caminhão elétrico tem autonomia de até 200 km Volkswagen/Divulgação

Quem visitar a 21ª edição da Fenatran esperando ver muitas novidades pode se frustrar. As oito fabricantes que participam do evento no São Paulo Expo entre os dias 16 e 20 de outubro apostam nas séries especiais de modelos conhecidos em vez de investir em produtos totalmente novos.

MAN e Volkswagen:

A falta de novidades faz da nova linha Delivery a grande atração da Fenatran. Apresentado há poucas semanas, o caminhão faz sua primeira aparição pública na feira.

Delivery Express não requer carteira de habilitação C para ser conduzido nas cidades Volkswagen/Divulgação

O público poderá conhecer seis modelos, incluindo a versão Express, um VUC que pode ser dirigido por qualquer pessoa com carteira de habilitação do tipo B – a mesma necessária para conduzir automóveis de passeio.

Além desta vantagem, o Delivery Express tem livre circulação por vias urbanas sem restrição de horário (algo que não é possível com caminhões) e paga o mesmo valor de pedágio de um automóvel.

Versão elétrica do Delivery será testada em frotas empresariais a partir de 2018 Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Outra atração interessante é o e-Delivery. Concebido inteiramente no Brasil, o protótipo utiliza um motor de 80 kW (aproximadamente 109 cv) com torque máximo de 50,3 mkgf.

A autonomia é de até 200 quilômetros e são necessários três horas para recarregar totalmente as baterias – há um modo de recarga rápida no qual 30% da carga total é obtida em apenas 15 minutos.

Até agora, a VW confirmou que a AmBev usará algumas unidades do caminhão a partir de 2018. Foi a forma encontrada pela marca de avaliar as virtudes e deficiências do projeto, que deve virar realidade em 2020.

Ford:

O Cargo Connect traz tecnologias de segurança como piloto automático adaptativo e alerta de permanência em faixa Ford/Divulgação

A Ford apresenta o Cargo Connect. O protótipo baseado no Cargo 2429 8×2 Torqshift inclui tecnologias como frenagem autônoma, alerta de pontos cegos, piloto automático adaptativo, alerta de permanência em faixa e sensor de fadiga. Embora oficialmente a Ford diga que o Cargo Connect não passa de um estudo, fontes ligadas à empresa afirmam que a maioria destes itens devem ser adotados nos modelos de produção em breve.

Se são grandes as chances de o Cargo Connect ganhar as ruas brasileiras, o mesmo não se pode dizer da F-450 Super Duty. A gigantesca picape de 6,2 metros de comprimento, 1,98 metro de altura e 2,03 metros de largura impressiona tanto pelo porte quanto pela quantidade exagerada de cromados por toda a carroceria.

A enorme F-450 veio para o Brasil só para participar da Fenatran Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Para movimentar as 3,9 toneladas da F-450, a Ford escolheu um motor 6.7 V8 turbodiesel com 32 válvulas, que entrega 446 cv a 2.800 rpm e 128 mkgf de torque máximo a 1.800 rpm.

Até o desenho das rodas da F-450 lembram um caminhão Vitor Matsubara/Quatro Rodas
Caçamba alargada faz a picape ter quase dois metros de largura Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Infelizmente, a Ford jura que ela só veio para cá a passeio. E mesmo se viesse para o Brasil, poucos conseguiriam comprá-la: a F-450 Platinum parte de US$ 77.325 nos Estados Unidos, ou quase R$ 245.000 em uma conversão direta. Sendo assim, não seria exagero imaginar que a picape bateria na casa dos R$ 280.000.

Porém, a grande atração da Ford não é um caminhão. O boné alerta foi desenvolvido no Brasil para tentar reduzir a incidência de acidentes causados pela falta de descanso. Um acelerômetro e um giroscópio identificam eventuais movimentos de cabeça típicos de quem está com sono. Diante disso, o boné emite um alarme estridente, pisca luzes na aba e até produz pequenas vibrações para acordar quem está atrás do volante.

Scania:

A edição especial dos modelos R 440 e R 480 em homenagem aos 60 anos da marca no país não é a única atração da Scania no evento. A marca montou um belo espaço dedicado aos antigos caminhões da marca sueca. 

Uma das maiores jóias em exposição é o clássico Scania-Vabis L 71. Importado em 1957, o caminhão tinha um motor D642 de 9,35 litros e seis cilindros, com injeção direta e 150 cv.

O L 71 foi o primeiro caminhão importado pela Scania e tinha capacidade máxima de tração de 35 toneladas Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Há outros caminhões mais antigos, como o L 76 (equipado com um motor D11 de 195 cv) e o L 110 S 1973, e outros mais novos, caso do T 113 H 1995 e do T 124 1998. Até um caminhão feito especialmente para o exército (o P 360 DB 6×6) está exposto na Fenatran.

Primeiro caminhão V8 da Scania vendido no Brasil, o LK 140 ganhou o apelido de “cara chata” Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Mercedes-Benz:

Atual líder do mercado de caminhões com mais de 30% de participação, a Mercedes-Benz revelou uma série especial do Actros inspirada no clássico 1111 – representado na feira por um reluzente exemplar verde.

Série especial do Actros é baseada no histórico 1111 Mercedes-Benz/Divulgação

Serão produzidas 21 unidades justamente na mesma tonalidade do 1111, com direito a detalhes em vermelho (como as rodas e o chassi) e revestimento interno exclusivo em alusão ao modelo mais bem sucedido da história da marca no Brasil.

Revestimento interno é inspirado na padronagem do 1111 Mercedes-Benz/Divulgação

Os demais modelos receberam melhorias. O Axor ganhou 13 inovações, incluindo a adoção de itens de segurança, como distribuição eletrônica de frenagem (EBD), controle de tração (ASR) e assistente de partida em rampas (HSA).

O clássico 1111 foi um dos caminhões mais vendidos da história da Mercedes-Benz Mercedes-Benz/Divulgação

O Accelo vem com um tanque adicional de 150 litros (ampliando a capacidade total de diesel para 300 litros) e uma nova cabine estendida. E a linha Sprinter tem a edição especial 20 anos, que sai de fábrica com grade fromada, volante multifuncional, piloto automático e assistente de partida em rampas.

Continua após a publicidade

Iveco

Daily City concorrerá com o recém-lançado VW Delivery no mercado de VUCs Vitor Matsubara/Quatro Rodas

A Iveco escolheu a Fenatran para celebrar seus 20 anos de atuação no Brasil. Entre as novidades, a marca italiana traz o Daily City 30S13, um caminhão leve nascido para disputar o concorrido segmento de VUCs. O City se soma ao Daily 35S14 como principais opções para atender quem precisa fazer entregas nas grandes cidades.

A linha Tector também cresceu com os lançamentos de versões de 8 e 11 toneladas – sendo que esta última pode ganhar um eixo adicional, ampliando sua capacidade para 13 toneladas. Nos dois casos, o motor é o FPT N45 de 4,5 litros, com 190 cv e 62,2 mkgf.

Por fim, os modelos Daily e Hi-Way ganharão edições limitadas a apenas 20 unidades em alusão às duas décadas de história da Iveco no país.

Volvo:

Sem grandes novidades em sua linha de produtos, a Volvo trouxe um modelo histórico para a Fenatran. Trata-se do Series 2, uma evolução do pioneiro Series 1, lançado pela marca escandinava em 1928.

O Series 2 ajudou a popularizar a imagem dos caminhões Volvo pelo mundo Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Apesar de não trazer evoluções significativas em comparação ao seu antecessor (o motor a gasolina, por exemplo, tinha apenas 28 cv), o Series 2 popularizou os caminhões da Volvo, e até serviu como base para a produção de ônibus com chassi de caminhão e carroceria coberta para transportar passageiros.

DAF

As linhas CF e XF ganharam versões com chassi reforçado e vários acessórios Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Presente no Brasil desde 2011 e fabricando caminhões localmente há quatro anos, a DAF apresentou seus primeiros modelos off-road na Fenatran. As linhas CF e XF ganharam motores com 460 cv e 520 cv, respectivamente. A tração é do tipo 6×2 e a transmissão automatizada de 16 marchas é fornecida pela ZF.

Vários componentes foram reforçados para encarar terrenos acidentados. Além da proteção de cárter e radiador, o chassi foi reforçado, os para-lamas traseiros podem ser substituídos por peças feitas inteiramente de alumínio e os pneus são de uso misto.

Peugeot

A Peugeot trouxe dois lançamentos no segmento de veículos comerciais. A mais importante delas é a Expert, uma moderna van com capacidade de carga de 1,5 tonelada e área de carga de 6,1 m3.

Expert tem um motor 1.6 a diesel com 115 cv e 30 mkgf Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Fabricada no Uruguai, ela é um clone da Citroën Jumpy com leves diferenças no design. Ambas são movidas por um motor 1.6 diesel Blue HDi, com 115 cv a 3.500 rpm e torque máximo de 30 mkgf a 1.750 rpm. O câmbio é manual de seis marchas.

Apesar da capacidade de levar objetos grandes, a van é relativamente compacta: 5,30 metros de comprimento, 2,20 m de largura, 1.93 m de altura e distância entre-eixos de 3,27 m. Sua plataforma é a EMP2, a mesma utilizada na nova geração do Peugeot 3008.

Design lembra muito o 3008, com quem a van compartilha sua plataforma Vitor Matsubara/Quatro Rodas

Serão oferecidas duas versões da Expert: a Business custa R$ 83.990, mas será vendida por R$ 79.990 durante a Fenatran. Há ainda a configuração Business Pack por R$ 91.990. Além da carroceria furgão, a Peugeot promete comercializá-la em outras variações, como perua escolar e até food truck.

Sua principal concorrente no mercado brasileiro será a Mercedes-Benz Vito, que traz versões para transporte de carga ou passageiros, mas custa mais de R$ 100 mil.

Versão adaptada para o transporte de crianças é uma das opções da Peugeot Vitor Matsubara/Quatro Rodas

A van pode vir com controle de estabilidade (ESP), assistente de partida em rampas, limitador e regulador de velocidade, ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, banco do motorista com regulagem de altura, vidros elétricos, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, travas elétricas e retrovisores com ajuste elétrico.

Além da Expert, a marca expõe na Fenatran a nova Boxer (projeto executado pela PSA em conjunto com a Fiat), que chegará ao mercado em 2018.

Serviço:

Fenatran 2017

Data: de 16 a 20 de outubro de 2017

Local: São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – São Paulo (SP)

Ingresso: gratuito para visitantes credenciados no site da feira e portadores de convite impresso; R$ 60 para os demais visitantes

Estacionamento no local (de R$ 45 a R$ 120)

  • Continua após a publicidade
    Publicidade