Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Os eleitos 2020: VW Up! e Polo são os hatches com donos mais satisfeitos

Fora da eleição de 2019, Volkwagen Up! retorna como o campeão do compactos e Polo leva a liderança dos hatches premium

Por Da Redação Atualizado em 18 dez 2020, 15h50 - Publicado em 18 dez 2020, 16h00

.

VW UP!: 99,1

Fora da eleição de 2019 porque não entrou na lista dos mais vendidos, um dos critérios para participar da pesquisa, o Up! retorna como campeão.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 6,90

Seus pontos fortes, segundo os donos, são espaço do porta-malas (112,6), espaço na cabine (109,4) e velocidade de arranque (107,9). Mas, além desses, ele superou as expectativas em design, tamanho da rede e preço de revenda, este último uma compensação para dois pontos negativos: preço de compra (83,9) e custos de peças (86,4).

“Tem um ótimo conjunto (motor/câmbio, peso/potência), poderia ser um sucesso de vendas, se não fosse a política de preços da VW.”

José Uelisson Alves Leite, Porto Velho (RO)

Pontuação no anterior: –

Os elogios:

  • • Espaço do porta-malas
  • • Espaço da cabine
  • • Velocidade de arranque

As críticas:

  • • Preço de compra
  • • Custo de peças
  • • Durabilidade e resistência de peças

Toyota Etios: 98

O Etios repete o segundo lugar da edição passada, com médias altas na maioria dos 23 itens analisados, embora com poucos destaques acima das expectativas.

O Toyota foi bem avaliado em design (109,7), espaço interno (105,0) e velocidade de arranque (103,2). E perdeu pontos em preço de compra (86,0), custos de peças (89,2) e consumo urbano (89,5).

Pontuação no anterior: 95,6

Hyundai HB20: 96,7

Apesar de somar mais pontos, o HB20 não conseguiu melhorar sua posição, repetindo o terceiro lugar conquistado em 2019.

Entre suas virtudes foram apontadas design (103,7), velocidade de arranque (100,6) e capacidade do porta-malas (100,2). E entre os vícios: custo de peças (89,5), preço de compra (90,7) e valor do seguro (91,9).

Pontuação no anterior: 94,9

Chevrolet Onix: 96,1

Onix para os eleitos
Divulgação/Chevrolet

Quinto colocado ano passado, subiu um posto este ano. Seus proprietários se queixam dos mesmos problemas, mas agora de forma mais branda e elogiaram os mesmos aspectos, mas de maneira mais enfática.

Sua maior pontuação foi em design (102,5) e tamanho da rede (101,7). E a menor foi em nível de ruído (87,9) e custo de peças (89,9).

Pontuação no anterior: 92,2

Ford Ka: 94,3

Vencedor da categoria em 2019, o Ka despencou para o quinto lugar este ano. Seu design (102,9) ainda agrada bastante, assim como o desempenho (101,3) e a facilidade de acesso aos comandos (100,8).

Enquanto isso, porém, custo de peças (84,1), nível de ruído (84,2) e preço de aquisição (87,6) derrubaram 2,5 pontos em sua média final.   

Pontuação no anterior: 96,8

Renault Kwid: 92,5

Praticamente repetiu a nota anterior. Mas, com o retorno do Up! à pesquisa e a ascensão do Onix,  caiu duas posições, de quarto para sexto.

Seus donos gostam do design (107,3), da velocidade de arranque (100,8) e do consumo nas estradas (99,2). Mas reclamam do nível de ruído (72,1) e da durabilidade e resistência das peças (76,5).

Pontuação no anterior: 92,7

 

Hatches Premium:

Volkswagen Polo: 98,1

VW Polo
Polo MSI automático custa quase o mesmo de um Gol Divulgação/Volkswagen

Campeão de 2018 e terceiro colocado em 2019, o Polo volta a vencer e essa oscilação espelha como os donos se relacionam com ele: adorando alguns aspectos e detestando outros.

Continua após a publicidade

O VW tirou duas notas 107,6 (acesso aos comandos e tamanho do porta-malas), uma 105 (quantidade de concessionárias) e uma 104,4 (design). Mas foi o pior do segmento em itens como acabamento interno (78,7), preço de compra (81,4) e nível de ruído (81,7). Na somatória geral, dos 23 itens, se garantiu em primeiro.

Pontuação no anterior: 96,6

Os elogios:

• Ergonomia

• Porta-malas

• Rede de concessionárias

Acabamento interno:

• Acabamento interno

• Preço de compra

• Nível de ruído

“Supera em muito as expectativas da compra. A estabilidade oferecida transmite toda a segurança durante a condução em estradas sinuosas ou escorregadias.”

Pedro Dargains Mattua Teixeira, Petrópolis (RJ)

Fiat Argo: 97,9

Ao contrário do rival, o Argo conseguiu médias constantes, obtendo notas sempre acima de 90,0.

Até no preço de compra, em que todos os modelos se saem mal, ele obteve 90,3, que foi sua pior nota. As melhores foram em velocidade de arranque (104,2), seguida de design (102,9).

Pontuação no anterior: 97,7

Toyota Yaris: 97,6

Seus compradores estão muito satisfeitos no que diz respeito a capacidade do porta-malas (107,4), design (104,4) e espaço interno (104,0). Mas se dizem insatisfeitos com o preço de compra (83,8) e o custo das peças (86,1).

  • Na média final, o Yaris chegou muito perto do segundo lugar.

    Pontuação no anterior: 97,1

    Renault Sandero: 97,1

    Renault Sandero
    Novo Renault Sandero Divulgação/Renault

    Foi o mais bem avaliado pelo tamanho do porta-malas (107,0) e se saiu bem em design (105,1) e espaço interno (102,4).

    O que comprometeu foram as notas em nível de ruído (85,2) e custos de peças (88,7) e uma pontuação apenas mediana em aspectos como segurança transmitida (91,2).    

    Pontuação no anterior: 96,4

    Volkswagen Fox: 93,3

    Lançado em 2003, se mantém entre os mais vendidos e, apesar de ter ficado em último entre os elegíveis do segmento, conseguiu boas notas em porta-malas (102,7), design (102,1) e arranque (101,4).

    Seus pontos fracos: custo de peças (82,1), consumo urbano (83,5) e itens de segurança (85,9)

    Pontuação no anterior: 94,8

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa Quatro Rodas edição de dezembro 740
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade