Clique e assine por apenas 5,90/mês

VW vende Nivus com pacotes da pré-venda a quem tentou reservar e fracassou

Clientes que não conseguiram reservar veículo a tempo no primeiro lote foram procurados por concessionários, que mantiveram benefícios anunciados

Por Renan Bandeira - Atualizado em 1 jul 2020, 14h08 - Publicado em 1 jul 2020, 13h23

A Volkswagen abriu a pré-venda do Nivus na última quinta-feira (25) e viu as unidades esgotarem em poucas horas (sendo menos de 10 minutos a quem tentou as primeiras 200 unidades online. Mas quem bobeou, na verdade, não ficou sem.

Quem acompanhou o processo de venda do inédito SUV cupê junto a QUATRO RODAS lembra que foram ofertadas 1.200 unidades do modelo no primeiro lote, divididas entre 1.000 comuns de Comfortline e Highline, além de outras 200 de Highline com condições especiais.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

A marca alemã garantia pacote Launching Edition (que custa originalmente R$ 1.700) com rodas, teto e retrovisores escurecidos, sem custo adicional aos primeiros 200 sortudos – e agilizados – que comprassem o modelo na configuração topo de linha.

Divulgação/Volkswagen

Além do pacote visual, o fabricante ofereceu um ano de seguro e de mensalidades do Sem Parar grátis, de carência para pagamento da primeira parcela e de acesso sem custos a um aplicativo de audiobooks via central multimídia VW Play.

Na data, QUATRO RODAS acompanhou a tentativa de compra na pré-venda com o potencial comprador e engenheiro de telecomunicações Ramon Alves, e mostrou que as 200 unidades do Highline com estas condições foram vendidas em menos de dez minutos.

Na sexta-feira (26), a Volkswagen emitiu comunicado oficial confirmando que todas as 1.200 unidades disponibilizadas para a venda haviam sido esgotadas.

No entanto, a Volkswagen abriu na última terça (30) um novo lote com 1.000 unidades do modelo mantendo as condições especiais. Mas não apenas isso: ela contemplou clientes que tentaram reservar o Nivus entre um lote e outro e não conseguiu.

Foi o caso de Alves, que tentou fechar negócio na quinta-feira (25) e não conseguiu, porque a versão Highline já tinha esgotado tanto online quanto nas concessionárias.

Continua após a publicidade

No dia seguinte, sexta-feira (26), o engenheiro foi avisado que uma unidade como aquela que procurava havia sido reservada por uma revenda da marca.

O aviso de “Esgotado” que Ramon recebeu na tela ao tentar reservar um Nivus Highline Launghing Edition Ramon Alves/Quatro Rodas

“A concessionária conseguiu fazer a reserva no dia seguinte. A vendedora me comunicou por mensagem”, afirmou o engenheiro. O sinal indicado pelo comprador é de R$ 5.000, cobrado pela Volkswagen para garantir a intenção de compra na pré-venda.

Questionado sobre as condições oferecidas pela empresa, o Alves confirmou que a empresa manteve os benefícios ofertados no dia da pré-venda, incluindo o pacote Lauch Edition gratuito.

Procurada, a marca confirmou a iniciativa e também que esses clientes não fazem parte nem dos 1.200 do primeiro lote, nem dos 1.000 do segundo, mas não revelou quantos consumidores “extras” foram beneficiados por ela.

Mas não se anime muito, porque quem tentar reservar o Nivus após o fim desses 1.000 exemplares adicionais já não deve mais conseguir reservar a compra com as vantagens da pré-venda.

Fernando Pires/Quatro Rodas

O Nivus pode ser encontrado em apenas duas opções – para saber a diferença entre elas, clique aqui.

A básica, Comfortline, parte de R$ 85.890 e terá um pacote opcional que inclui assistências semiautônomas e a central VW Play, por R$ 3.520.

A topo de linha Highline parte de R$ 98.290 e conta com todos os itens de série possíveis, podendo ser adicionado apenas o pacote estético Launching Edition, já mencionado.

Uma versão destinada ao público PcD deve surgir até o final do ano.

O modelo conta com uma única motorização: três-cilindros 1.0 turbo de injeção direta de combustível que gera 128/116 cv e 20,4 kgfm, aliado ao câmbio automático de seis marchas.

Motor 1.0 turbo é conhecido, mas câmbio automático está mais suave nas trocas Fernando Pires/Quatro Rodas

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade