Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

VW T-Cross nacional terá entre-eixos do Virtus

Versão para o Brasil terá entre-eixos 8,5 cm mais longo que o europeu

Por Henrique Rodriguez 4 jul 2018, 18h15
Unidades brasileiras terão entre-eixos 8,5 cm mais longo Reprodução/Youtube

O Volkswagen T-Cross foi concebido como um modelo global, mas a versão produzida no Brasil para a América do Sul será a maior do mundo.

A fabricante alemã anunciou que o T-Cross fabricado em São José dos Pinhais (PR) terá 4,192 m de comprimento. Em outras palavras, será 8,5 cm maior que o europeu, que terá 4,107 m.

Modelo será apresentado no Brasil durante o Salão do Automóvel Reprodução/Youtube

Comparando unidades flagradas em teste no Brasil e na Europa, nota-se que essa diferença estará concentrada no entre-eixos do SUV compacto, mais exatamente nas portas traseiras.

Não por acaso, o Virtus tem entre-eixos 8,6 cm mais longo que o do Polo (2,651 m contra 2,565 m). Os dois são baseados na plataforma MQB A0, assim como o T-Cross.

Primeiro SUV compacto baseado na plataforma MQB A0, o Seat Arona tem 4,13 m de comprimento e 2,56 m de entre-eixos, medidas alinhadas tanto com o T-Cross europeu como com o Polo.

Continua após a publicidade

No Brasil, o entre-eixos estará alinhado com o do sedã Virtus.

VW divulgou primeiro desenho do T-Cross Divulgação/Volkswagen

Há duas explicações para isso. A primeira é que na o T-Cross europeu não poderia ser muito grande. Se no Brasil ele será o único SUV abaixo do Tiguan, no Velho Continente terá que conviver com o T-Roc, com 2,60 m de entre-eixos e equipamentos mais sofisticados.

A segunda é que um T-Cross com 2,56 m de entre-eixos seria muito pequeno para um segmento onde o Ford EcoSport (2,52 m), Jeep Renegade (2,57 m) e Chevrolet Tracker (2,55 m) são considerados pequenos.

Se tiver os mesmos 2,65 m do Virtus, porém, o Volkswagen T-Cross poderá ter espaço interno maior que o de Honda HR-V (2,61 m), Nissan Kicks (2,62 m) e até mesmo que o Jeep Compass (2,64 m).

Essa diferenciação não é inédita. O Volkswagen Tiguan vendido no Brasil tem distância entre-eixos 11 centímetros maior que o europeu. Por lá, esta versão foi lançada depois apenas com sete lugares.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês