Clique e assine por apenas 8,90/mês

Vídeo: veja como o halo alterou a visão dos pilotos da F1

Aparato polêmico visa proteger a cabeça dos competidores de detritos e será obrigatório na temporada 2018

Por Rodrigo Ribeiro - 22 fev 2018, 18h16
O arco à frente dos pilotos ainda rende polêmicas ao longo da pré-temporada da Fórmula 1 Red Bull/Divulgação

A estranheza começa pelo nome: halo. Esse dispositivo em forma de arco que visa proteger a cabeça dos pilotos da Fórmula 1 é o principal assunto antes da temporada começar, no dia 25 de março, na Austrália.

Além do impacto estético, ainda há muitos questionamentos acerca da visão dos competidores.

Para ajudar a esclarecer esse aspecto, a Mercedes-AMG divulgou em sua página no Facebook um vídeo feito com uma câmera no capacete de Valtteri Bottas.

Apesar do ponto de vista levemente diferente do olho, ela dá uma ideia de como os pilotos vão ver a pista a partir deste ano.

Continua após a publicidade
O suporte frontal do halo é estreito, mas oferece um obstáculo à visão do piloto Reprodução/Mercedes-AMG/Internet

Em um primeiro momento é possível perceber que o ponto de fixação central do halo não é tão grosso quanto aparenta nas fotos, atrapalhando pouco a visão exatamente à frente do monoposto.

Veja o vídeo completo abaixo:

Um potencial problema, porém, aparece no final da filmagem, quando o finlandês retorna ao box.

Com o suporte do halo bem à sua frente, os pilotos podem ter dificuldades para verem o mecânico responsável por acionar o macaco frontal no pit-stop e também o lollipop, dispositivo usado pela equipe para indicar ao piloto o ponto de parada e o momento de sair do pit lane.

Continua após a publicidade
O arco superior pode render problemas nas paradas. No vídeo, Bottas fica olhando para a esquerda para ver os mecânicos Reprodução/Mercedes-AMG/Internet

Outro ponto que não ficou claro é se a visão que os pilotos têm das luzes de largada será prejudicada pelo arco sobre suas cabeças.

 

Publicidade